Lua Nova em Leão: O que te faz Especial?

leão e leoaA Lua Nova de Leão acontece neste sábado, 26 de julho, às 19h41min (Brasília) de forma grandiosa e espetacular, algo incomum para uma Lua Nova, que normalmente ocorre discretamente, escondida de olhos curiosos. Uma Lua Nova mítica. Isso porque, além de ser em Leão, a Lua Nova se dá em conjunção muito próxima a Júpiter, que entrou em Leão no dia 16.

Leão fala do poder do ato criativo, seja através das crianças que geramos, seja pela criação de uma obra de arte, de uma peça musical, de um artesanato delicado, de uma peça teatral ou do simples ato de saber se divertir de forma espontânea. Por isso Leão é também o signo da auto-expressão, porque todos estes veículos servem para expressar um pouco da nossa essência, e, além de comunicar algo interior ao mundo, também ajuda a nos perpetuar através destes “filhos”. Ao nos expressar e manifestar nossa criatividade no mundo também manifestamos nossa singularidade, porque colocamos na criação algo que é intrínseco a nós, que ninguém mais possui, e assim, nos sentimos e nos revelamos especiais e únicos.

Lua e Sol

Leão é o signo da autoconfiança. Leoninos costumam passar essa aura autoconfiante e magnânima, de quem sabe a importância e o poder que tem. O que muitos não sabem, porém, é que muitas vezes, por trás da fachada de segurança, e até de arrogância, o Leão é, na verdade, um inseguro. Um equívoco comum que ocorre entre o público leigo é achar que as qualidades do signo solar são natas e então, muitos não se reconhecem quando leem as características do signo do seu Sol. Acontece que as características natas que trazemos são na verdade do signo da Lua. Já as qualidades do signo solar são aquelas que viemos desenvolver e isso é tarefa que leva a vida toda. Assim, Leoninos vêm desenvolver, entre outras coisas, a qualidade da autoconfiança. É uma das suas tarefas, assim como reconhecer o potencial criativo nos outros e desenvolver sua própria criatividade. E é importante lembrar, criatividade não é algo relativo somente à arte ou à musica. Tem a ver com nos expressar de forma individual, seja através dos meios formais reconhecidos como “criativos”, seja fazendo coisas simples de um jeito só nosso, como um prato especial e diferente, arrumar seu quarto do seu jeito, a forma como trabalhamos, como falamos… Tudo pode ser um gesto criativo quando colocamos nossa alma e imprimimos nossa marca pessoal.

almagnus8

Em Leão também somos chamados a viver a vida de uma perspectiva mítica, a descobrir o mito vivo que somos nós; qual é o nosso mito pessoal; o que nos inspira, o que nos faz ser especiais, o que nos faz ser o que somos – este individuo único e irrepetível, cheio de potenciais singulares, potencial de se tornar uma estrela brilhante, como o próprio Sol, regente de Leão.

Qual é o seu mito? Que mito você acha que o ajuda a seguir em frente quando nada mais parece fazer sentido? Qual mito (ou conto de fadas, fábula, lenda, etc) fala diretamente ao seu coração e parece contar a sua própria história? Descobrir seu mito pessoal pode ajudar a entender muitas dinâmicas de vida, padrões de comportamento e relacionamento, assim como pode dar um senso de perspectiva.

Então, Leoninos ou não, nesta Lua Nova somos convidados a renovar não só nossa autoconfiança, mas também nossa confiança na vida e a trazer a perspectiva mítica para nossa vida individual. Favoráveis estão as configurações: Sol e Lua fazem uma conjunção muito próxima a Júpiter e Júpiter expande, faz prosperar e torna tudo, “maior que a vida”. Essa conjunção traz um otimismo e uma generosidade de espírito raros e sinaliza uma busca criativa, que, em última instancia, é uma busca essencialmente espiritual, uma busca pelo significado de si mesmo, do sentido de se estar vivo, do mito individual.

music

Mas é claro que também há desafios neste novo ciclo, simbolizados pelos aspectos “desarmônicos” da Lua Nova – aliás, Sol e Lua fazem apenas dois aspectos. O mais preocupante deles é uma quadratura a Marte, que ingressou ontem em Escorpião. Como Marte ficou quase oito meses debilitado (mais de dois meses retrógrados) em Libra, deve estar com pressa de recuperar sua nobreza e potência. Essa quadratura inspira cuidados, pois pode insuflar intolerância, impaciência e precipitação nas reações e na atividade efetiva. Podemos nos tornar agressivos quando achamos que só estamos sendo assertivos e tornamo-nos também inflexíveis, vendo somente nosso lado e nossos interesses. Com Júpiter na equação, podemos também virar os “donos da verdade”, e, ao invés de autoconfiantes, tornamo-nos vaidosos e arrogantes, talvez até fanáticos ou fundamentalistas em nossos propósitos e forma de sentir e reagir – É preciso lembrar que todos têm potenciais e propósitos criativos.conti

 

Sol e Lua também fazem uma sesqui-quadratura a Quíron, um aspecto menor, de 135 graus, considerado medianamente desarmônico. Este aspecto a Quíron sugerem possibilidade de frustração na auto-expressão e na manifestação dos propósitos deste novo ciclo – essa frustração pode ter a ver com a carência de pragmatismo associado a pouca Terra. Indica ainda uma tendência de colocar interesses alheios em primeiro lugar, mas neste caso, esta tendência na verdade pode equilibrar o egocentrismo de Sol-Lua-Marte.

Felino

Outra coisa bem interessante neste mapa da Lua Nova é que não há planetas em Ar e em Terra, temos somente Plutão. A ênfase de elementos é Fogo e Água, indicando grande potencial criativo, idealista e humanístico, mas também uma falta de objetividade e de visão racional das coisas. Há uma tendência a reações impulsivas ou ações sem a necessária reflexão. A pouca quantidade de Terra inspira cuidados na execução prática dos objetivos do ciclo, porque se temos muito fogo, temos muito potencial criativo, visão de futuro e de todas as possibilidades, mas sem Terra, carecemos dos meios e métodos para manifestar tais potenciais. Temos dificuldade em lidar com os desafios que a realidade impõe à visão romântica e idealista e podemos nos frustrar com os resultados alcançados, mesmo quando eles foram ótimos – no reino do ideal as possibilidades são infinitas, já na realidade manifesta tudo é limitado. E já sabemos, se temos somente autoconfiança e espírito criativo, mas não colocamos a mão na massa, não realizamos nada. Portanto, por mais otimistas e entusiasmados que Júpiter nos faça, um dos grandes desafios do ciclo é sermos objetivos, práticos e realistas quanto às nossas visões e aspirações. Ter a perspectiva mítica, mas também a visão pragmática.

revista pais e filhos

Plutão tem sido o único planeta em Terra em muitas datas e eventos importantes nos últimos meses. Ele também tem sido foco de uma Pipa Água-Terra já há bastante tempo. Como único planeta em Terra todo este tempo, o recado óbvio é que, quaisquer que sejam nossos objetivos, desejos e propósitos, só conseguiremos realizá-los se estivermos dispostos a uma entrega completa e absoluta; se colocarmos toda a nossa paixão e comprometimento; se cada gota de suor for transpirada com intenção e devoção; se estivermos dispostos a abrir mão de atitudes ultrapassadas, da persona ultrapassada; se estivermos dispostos a encarar uma possível destruição da vida conhecida em favor de mais autenticidade; se formos totalmente honestos e empenharmos toda a nossa energia e foco naquilo que almejamos.

Talvez seja hora de iniciar aquele projeto criativo que está na gaveta há muito tempo; de jogar-se numa nova e entusiasmada aventura; de renovar a relação com os filhos; sobretudo, de renovar o contrato consigo mesmo e olhar com mais autoconfiança para si mesmo e os próprios potenciais. Apostar em si, dar-se crédito!

alegria

Por ultimo, não podemos esquecer: com Leão as coisas têm que ser divertidas. Não é porque nos entregamos absoluta e irrevogavelmente que a coisa toda não pode ser alegre e espontânea. Para valer a pena é preciso ser gostoso, ser suculento, igual fruta madura tirada do pé; igual brincadeira de criança; igual banho de rio numa tarde de verão. E eu lembro uma citação de Joseph Campbell, em Mitos de Luz: “A vida joga ao nosso redor estas tentações, essas distrações (eu diria: dinheiro, poder, vaidade) e o problema é encontrar o centro imóvel interior. Então você pode sobreviver a qualquer coisa. O mito irá ajudá-lo a fazer isso. Isso não quer dizer que você não deva ir lá fora fazer greves e manifestações contra a pesquisa atômica. Vá em frente, mas faça-o de maneira brincalhona. O universo é a brincadeira de Deus” 

Portanto, nesta Lua Nova, renove a autoconfiança e vá lá fora manifestar aqueles potenciais criativos que você sabe que tem. De forma apaixonada, inteira e absoluta. Mas também espontânea e divertidamente. De brincadeira. E mítica, miticamente!

bambole

 

 

A Semana Astrológica – Sem Manual de Instruções!

cabrça quadrada
Reprodução

“Perigoso é a gente se aprisionar no que nos ensinaram como certo e nunca mais se libertar, correndo o risco de não saber mais viver sem um manual de instruções” Martha Medeiros

Semana de 21 a 27 de julho

Depois de ficar sete meses e 18 dias em Libra, sendo 80 dias retrógrado e muito debilitado, Marte finalmente sai desse desconforto nesta semana e entra em Escorpião, sua casa noturna (sexta-feira, 25 de Julho, 23:25 ).

Outro ponto alto desta semana é a entrada do Sol em Leão e sua conjunção com Júpiter, que dá à semana um clima otimista, generoso, caloroso e a sensação de que podemos tudo. Há que se cuidar, porém, dos exageros! A Lua vai minguando através dos signos de Touro, Gêmeos e Câncer, até ser nova em Leão, no sábado, 26. Mercúrio em Câncer forma um Grande Trígono com Saturno em Escorpião e Quíron em Peixes. Mercúrio também se opõe a Plutão em Capricórnio e quadra Urano em Áries, tornando esta semana mentalmente estimulante, mas exaustiva. Marte, já em Escorpião, faz quadratura a Júpiter e à Lua Nova. E Vênus em Câncer vai, aos poucos, se aproximando também de uma oposição a Plutão.

 

cabeça nas nuvens 2
Reprodução

A segunda-feira começa pesada, com a Lua ainda Minguante e vazia em Touro até as 13h36min, quando entra em Gêmeos. De Touro, a Lua faz quincunce a Marte em Libra e de Gêmeos ela quadra Netuno em Peixes, o que torna o dia menos produtivo ainda, sujeito à dispersão e desperdício de energia. Podemos tentar recorrer a Mercúrio, que se opõe a Plutão em Capricórnio, favorecendo a concentração e a sagacidade mental.

A terça-feira não fica muito diferente a princípio, já que além de entrar o dia quadrando Netuno, a Lua quadra também Quíron em Peixes e irrita-se com Plutão. Mas a mão estendida de Urano pode melhorar as coisas de uma hora para a outra e talvez consigamos fazer do limão uma limonada, especialmente porque o Sol entra em Leão às 18h42min, colorindo a noite de otimismo, calor e magnanimidade porque o Sol logo faz conjunção a Júpiter. A Lua em Gêmeos também está em recepção mútua com Mercúrio em Câncer e de certa forma cabeça e coração estão afinados, o que ajuda muito a ter um senso de ordem e de alinhamento interior.

superficialidade
Reprodução

Na quarta a Lua se afasta da quadratura a Quíron no início do dia e depois faz trígono a Marte em Libra. Vênus faz trígono a Netuno. Nosso romantismo conflita com uma visão mais objetiva das coisas. Tendência a sufocar os sentimentos sob o disfarce da superficialidade e do “tô nem aí”. Mas se de fato fazemos isso, podemos mais tarde ficar com a sensação de termos nos traído, porque se não vivemos as coisas em cheio, em sua inteireza, mais tarde nos arrependemos e nos sentimos lesados por nós mesmos.

superficialidade (1)
Reprodução

Quinta-feira é um dos dias mais movimentados da semana. Mercúrio navega o Grande Trígono de Água enquanto faz quadratura exata a Urano, ainda se separando da quadratura a Plutão. Isso me faz lembrar Martha Medeiros quando diz: “Perigoso é a gente se aprisionar no que nos ensinaram como certo e nunca mais se libertar, correndo o risco de não saber mais viver sem um manual de instruções”. Esse é o desafio de Mercúrio em Câncer quadrando Urano. Na quinta a Lua também está em Câncer e fica conjunta a Vênus fazendo o dia ficar especialmente sensível. A empatia é bastante enfatizada, os sentimentos estão aflorados e queremos estar próximos da família e das pessoas queridas, mas questões individuais nos puxam em outra direção. Uma oposição a Plutão adiciona ciúme, intensidade e voracidade e potencial para as pessoas se tornarem invasivas e talvez um tanto manipuladoras. Mas do lado positivo temos neste dia a conjunção exata de Sol e Júpiter em Leão, que pode ofuscar completamente todos os outros aspectos, já que Júpiter enche o tempo e os espaços quando está presente.

Na sexta-feira a Lua Canceriana junta-se a Mercúrio e os dois formam um Grande Trígono em Água com Saturno e Quíron. A quadratura a Urano simboliza conflitos e talvez não necessariamente consigamos administrar o desejo por liberdade e a vontade de estar junto. Marte entra em Escorpião à noite, melhorando nosso senso de potência e assertividade. Já não precisamos ser tão reativos, pois agora os instintos estão aguçados e mais sagazes. 

lobo
Reprodução

No sábado temos a Lua Nova de Leão acontecendo de forma poderosa e magnificada pela conjunção a Júpiter. A Lua Nova também ocorre em quadratura a Marte em Escorpião e em sesqui-quadratura a Netuno. Uma Lua Nova de confrontos pesados e possibilidades de termos que lidar com subterfúgios que minam a confiança e a integridade das coisas. No domingo a Lua se defronta mais uma vez com as exigências de Saturno em Escorpião que a faz ficar desconcertada e atipicamente tímida para uma Lua Leonina. Fim de semana novamente contido pela severidade Saturnina, mas pode ser bem aproveitado se voluntariamente utilizarmos a solitude para pôr cabeça e coração em ordem. 

leão e leoa
Reprodução

Linda semana para você!

Vênus em Câncer

Arnold_Böcklin-Venus-Anadyomene-venus rising from the sea-1872Vênus entrou em Câncer às 11:07 desta sexta-feira, 18.
Com Vênus em Câncer os valores tornam-se mais tradicionais. Tornamo-nos mais caseiros, românticos e suaves. Valorizamos o outro cuidando e protegendo e também esperamos ser protegidos e cuidados. Valorizamos vínculos afetivos profundos, valorizamos o afeto, as relações e o cuidado que recebemos.

Um posicionamento tímido, assim como o caranguejo, Vênus em Câncer dá voltas, “comendo pelas beiradas”, ao invés de fazer uma abordagem direta do amor.

De sentimentos profundos e viscerais, para Vênus em Câncer amar é pertencer, cuidar e nutrir. Segurança emocional é imprescindível para sentir-se amada, apreciada e valorizada. Profundamente apegada a pessoas e a lembranças, é muito difícil esquecer relacionamentos que não dão certo, assim como desapegar-se de coisas e objetos de valor sentimental.

Mais do que uma ótima cozinheira, Vênus em Câncer é também profundamente imaginativa e uma mediadora entre este e o outro mundo, o invisível. Uma parteira que ajuda a trazer à luz nova vida criativa. A boa cozinha é apenas uma das possíveis manifestações deste posicionamento extremamente rico e afetivo.

Bem vinda, Vênus!

Júpiter em Leão

Jupiter em LeãoJúpiter entrou em Leão às 07h31min desta quarta-feira, onde ficará até 11 de agosto de 2015.
Com Júpiter em Leão procuramos nos expandir externamente, de forma grandiosa e glamorosa. Crescemos e aparecemos e, de fato, queremos APARECER! Há uma fé, um entusiasmo admiráveis, além de um senso de alegria juvenil. As artes e espetáculos, especialmente o teatro, ficam sobremaneira favorecidos, além de todos os profissionais que trabalham nestas áreas, como atores e atrizes. Todas as ações criativas são beneficiadas. Nossa “criança interior” é acordada e brinca jubilosa, pois há uma maior facilidade para a diversão e o show, um senso mais realçado de que devemos “aproveitar” a vida em toda a sua grandeza. Há uma vitalidade exuberante e um otimismo inato na vida. As qualidades de liderança e generosidade também são destacadas e queremos ser os melhores em tudo.

O lado negativo é que há uma tendência acentuada à arrogância e ao exagero da auto-importância e do orgulho. Os dramas ficam ainda mais coloridos, ganhando cores berrantes, e dependendo das combinações e aspectos que JÚPITER for fazendo, o estilo “brilhante” de Leão pode beirar o espalhafatoso, podendo chegar mesmo ao irremediável mau gosto. Banqueiros, lideranças religiosas, lideranças acadêmicas e do mundo das artes (filme, teatro, TV) são grandemente beneficiadas com este posicionamento.

As benesses de Júpiter viajando por Leão na vida pessoal aparecerão na área de vida representada pela casa em que temos Leão no mapa natal.
E sim, Leoninos em geral tendem a ser muito beneficiados, mas é bom ficar atento, porque se nada se faz, nada se ganha. Não é porque Júpiter entrou em Leão que vamos esperar sentados que as dádivas nos caiam no colo!
Com Júpiter é preciso estar no lugar certo na hora exata, portanto, nada de ficar esperando que venha tudo de graça! Mexa-se!

Bem vindo, Júpiter!

A Semana Astrológica: Gangorra Emocional

alegria-1
Reprodução

Semana de 14 a 20 de julho

E… Finalmente chegamos a uma das semanas mais esperadas do ano! Por quê? Por causa da entrada de Júpiter em Leão na quarta-feira! Não que Júpiter em Câncer não tenha sido bom. Claro que foi, especialmente para as relações familiares e para as coisas do coração. Mas é que por causa da Grande Cruz as benesses vieram acompanhadas de muita tensão, crises e transformações necessárias, mas dolorosas. E agora, com Júpiter em Leão, vislumbramos um período mais leve, mais divertido, mais favorável para artes, para a diversão e para as crianças, entre outras coisas. A semana está de fato, super movimenta e cheia de eventos portentosos.

Depois de ficar muitos dias em Gêmeos, emprestando uma qualidade mais cerebral aos relacionamentos, quem também muda de signo esta semana é Vênus, que entra em Câncer na sexta-feira às 11h07min. Além disso, há outros movimentos muito importantes ocorrendo também. Saturno estaciona para ficar direto no domingo e no dia seguinte é Urano quem estaciona, só que para entrar em retrogradação. Como os dois estão estacionários, os efeitos do quincunce entre eles perduram por mais tempo e tornam-se especialmente agudos nesta semana. O Sol no fim de Câncer quadra Marte em Libra, incitando conflitos entre a família de origem e a família posterior ou com nossos parceiros. Mercúrio em Câncer faz trígono a Netuno e começa a entrar em orbe de oposição a Plutão. Em adição, a Lua entra no Quarto Minguante na sexta-feira e passeia por estes dias pelos signos de Aquário, Peixes, Áries e Touro. Tudo isso junto faz desta uma semana intensa e agitada, cheia de acontecimentos que podem nos fazer sentir como numa montanha russa, ou numa gangorra emocional.

afinando cabeça e coração
Reprodução

A segunda já traz um prenúncio de toda essa agitação. A Lua Aquariana briga feio com Saturno em Escorpião, mas é ajudada e beneficiada por um Grande Trígono em Ar, formado pelo trígono a Marte e a Vênus, que também se entendem maravilhosamente. Além disso, a Lua também se anima com os incentivos de seu regente Urano, em Áries. Como também temos no céu um Grande Trígono em Água, o conflito cabeça-coração fica muito acentuado neste dia, especialmente porque o Sol em Câncer também recebe quincunce de Dona Lua, sua senhoria.

Na terça, a Lua em Peixes cai nos braços de Netuno e ainda se afina magicamente com Mercúrio em Câncer, que se torna como que seu filhinho, além de se alinhar também com Plutão, colorindo o dia com uma forte carga de sentimentos e de muita sensibilidade. Empatia, compaixão, nostalgia, romantismo e vontade de voltar ao paraíso perdido, ao útero materno, enchem-nos de uma saudade antiga e ancestral.

Essa saudade ameaça tornar-se meio amarga na quarta-feira, quando a Lua se afoga nas feridas de Quíron, mas a propensão maior é para aumentarmos nossa sabedoria e descobrirmos um sentido maior para isso, além de conseguirmos superar com mais facilidade, já que Júpiter pinta o dia com as cores do entusiasmo e do otimismo grandioso ao entrar em Leão, às 07h31min.

Na quinta a Lua entra em Áries e o dia pega fogo com possíveis bate-bocas nada educados. A Lua forma uma T-Square com Mercúrio em Câncer, que já se opõe a Plutão em Capricórnio. Como o Sol também está quadrando Marte, a situação fica escaldante principalmente entre pais e filhos. As interações ficam turbulentas e dramáticas. Resguarde-se!

Arnold_Böcklin-Venus-Anadyomene-venus rising from the sea-1872
Arnold Böcklin – Vênus surgindo do Mar – Reprodução

Vênus-Afrodite, a Deusa do Amor torna-se bem tradicional e romântica ao iniciar seu banho nas Águas de Câncer na sexta-feira, às 11h07min. Na sexta também vemos a Lua iniciar a fase Minguante ao armar-se numa Cruz com o Sol e Marte. A tempestade familiar ou relacional continua. Possíveis conflitos também entre nossos sentimentos, nossos propósitos e nossa ação objetiva. Meditação pode nos ajudar a centrar. E se houver ameaças de explosões, melhor ir para a pista de corrida, para o ringue ou para o octógono descarregar a tensão ao invés de trocar sopapos não-esportivos por aí.

No sábado vemos o Sol Canceriano digladiar-se acirradamente com seu embaixador Marte com a exatidão dessa quadratura entre eles. A Lua em Touro quadra Júpiter em Leão pondo mais lenha na fogueira destas desavenças. Tendência a comportamentos do tipo “cabeça-dura” podem nos impedir de ver que talvez estejamos errados. Um envelope formado por aspectos entre a Lua Taurina, Mercúrio em Câncer, Saturno em Escorpião e Plutão em Capricórnio podem ajudar a achar saídas conciliatórias. Esta configuração dura até o domingo, com a diferença de que em lugar de Mercúrio temos Vênus, e Lua (em Touro) e Vênus (em Câncer) estão em recepção mútua, uma morando na casa da outra. Apesar de o Envelope, que inclui o Retângulo Místico, ser uma configuração muito criativa, não podemos esquecer que ele contém a oposição Lua-Saturno e Mercúrio-Plutão, e que ainda temos que lidar com a quadratura Sol-Marte também. Tudo isso anunciando um fim de semana intenso e sujeito a altercações pra lá de acaloradas. Sonde a direção, a honestidade e a nobreza dos pensamentos antes de exteriorizá-los para evitar que golpes cirúrgicos, mas letais façam estragos irreversíveis nas relações. Mercúrio-Plutão não costuma ser leviano, muitos menos Lua-Saturno, mas Marte em quadratura com o Sol pode pôr tudo a perder num rompante destemperado e explosivo!

Ótima semana para você!

(veja adendo sobre mercúrio em Câncer logo abaixo)

briguenta
Reprodução

 MERCÚRIO EM CÂNCER

Mercúrio entrou em Câncer novamente à 1h44min do domingo, 13 (Brasília) e, como diz Kelly Surtees, traz boas possibilidades de recuperarmos oportunidades perdidas em junho. Até o dia 16 Mercúrio ainda está trafegando a zona de retrogradação e nós também percorremos este caminho de retorno, agora pela terceira vez, procurando algo perdido. Se encontramos, ótimo, está valendo! Se não, é porque é hora de esquecer e renovar mesmo.

Com Mercúrio em Câncer a comunicação fica mais emotiva e sensível. Estamos propensos a ouvir mais e a ser mais gentis ao nos expressarmos, ou a ser mais melodramáticos e quem sabe um tantinho chantagistas, apelando muito mais para o sentimentalismo do que para a lógica para convencer o interlocutor. As conversas, portanto, tendem a ser mais longas e mais emocionalmente carregadas, tanto no sentido positivo quanto no negativo, dependendo dos aspectos que Mercúrio for fazendo ao longo desse mergulho profundo. Atente-se para isto sempre que a atmosfera ficar “saturada” demais, e, antes de se “emburrar” ou ficar magoado, cogite ir dar um passeio lá fora ou abra as janelas para desanuviar o ambiente e evaporar as gotas de rancor ou ressentimento. No extremo oposto, aproveite para desfazer mágoas e transpirar os bons sentimentos.

Câncer é um signo feminino, yin, passivo e receptivo. Mercúrio, hermafrodita que é, torna-se mais feminil e doce. A tendência é estamos mais receptivos realmente e a comunicação e os processos mentais adquirem as qualidades femininas da água: indireta e suave porém profunda – como a água, que tudo contorna e que tende sempre a buscar as profundezas.

alex alemany11
Alex Alemany – Reprodução

Lua Cheia em Capricórnio: O Grand Finale

lua-cheia-wallpaperA Lua Cheia deste sábado (12 de julho de 2014, 08h25min, Brasília) convida-nos a valorizar trabalho, responsabilidade, perseverança, paciência, estratégia, disciplina, tudo isso tendo em vista objetivos de longo prazo e realizações que resistam ao tempo e que favoreçam à sociedade e não só ao indivíduo. Convida-nos também a encontrar um ponto de equilíbrio entre nossas ambições pessoais mundanas e de carreira e a vivência mais subjetiva da vida emocional e afetiva. Além disso, ela traz o Grand Finale da Grande Cruz Cardinal. Com Marte entrando em Escorpião e Júpiter em Leão, a Grande Cruz se desfaz definitivamente, tornando-se, apenas de vez em quando uma T-Square quando a Lua passar ou por Libra ou por Câncer, mas já não será a mesma coisa.

Esta Grande Cruz estava operante e ativa na Lua Nova de Capricórnio em 1° de janeiro de 2014. E agora está ativa de novo nesta Lua Cheia, também de Capricórnio. E como a Lua Cheia é sempre um ponto de culminância, ela vem representar a culminação desse período tão turbulento e tão rico em crises e em oportunidades de crescimento. É hora de começar a colher os frutos das mudanças planejadas lá em janeiro – se é que elas foram implementadas –  e olhar o presente e o futuro que se desenham à nossa frente. É tempo de focar no trabalho, nas ambições e nas estratégias para alcançá-las (Capricórnio), sem esquecer do necessário equilíbrio com os assuntos da vida privada, da família, dos afetos, do coração (Câncer). 

trabalho árduo

Como eu dizia no post de segunda, os deuses devem ser mesmo muito generosos, ou muito irônicos para nos dar repetidas chances de fazer o que tem que ser feito. Eles não desistem nunca de nós. E nós, desistimos? É uma das perguntas da Grande Cruz. Com o eixo indivíduo (Áries), família (Câncer) parcerias/casamento (Libra) e sociedade (Capricórnio) implicados, mais Urano e Plutão, é obrigatório lembrar que quaisquer que sejam essas mudanças que almejamos tanto em nossa vida, elas precisam e devem ultrapassar a esfera individual. Nada de querer sombra e água fresca só para mim enquanto milhões vivem em condições sub-humanas, enquanto tantos outros são explorados, enquanto o planeta é depredado. É preciso trazer à tona não só o melhor de nossa resiliência, mas principalmente a nossa melhor boa fé. A conjunção Marte com o Nodo Norte aponta que o destino e solução passa mesmo pela humildade, pela boa vontade, pelo equilíbrio, pela diplomacia e pela negociação baseada no ganha-ganha. 

A Lua ocorre no grau 20 de Capricórnio e, além de opor-se ao Sol em Câncer, faz uma conjunção ampla com Plutão em Capricórnio e quadra Urano em Áries e Marte em Libra. Mais: Quíron e Saturno tornam-se muito importantes, porque recebem trígono do Sol e sextil da Lua. O Grande Trígono em Água formado pelo sol em Câncer, Saturno em Escorpião e Netuno e Quíron em Peixes, acaba tornando-se uma Pipa, tendo Lua e Plutão em foco; Lua fazendo sextil a Saturno e a Quíron e Plutão também em sextil a Saturno e Netuno. Saturno continua em quincunce a Urano e Marte está conjunto ao Nodo Norte. Lua Nova Capricornio 2014

Lua e Plutão, como foco da Pipa gerada a partir do Grande Trígono em Água, vêm funcionar como receptáculo para toda a sensibilidade e compaixão ativadas pelo elemento Água. Um vaso, um receptáculo prático, de fertilização da Terra da aplicação concreta no mundo, em larga escala; de desembocadura de toda essa compaixão pelo sofrimento causado pela fome, por guerras, pela doença, pelo egoísmo e pela a sede de poder sobre outros, mas também pelos sofrimentos menores que vemos perto de nós, nos amigos, na família e até em nós mesmos.

Mas quando atravessamos tempos críticos com os que temos passados, às vezes duvidamos de que uma ação pessoal ou a compaixão individual possam ter efeito positivo fora do âmbito restrito de nossas vidas, duvidamos até de nossa própria capacidade de efetivar tais mudanças. Mas não podemos nunca duvidar de que pequenas atitudes que mudamos em nós mesmos reverberem no todo, modifiquem a energia do sistema e de todo o universo. E aqui peço emprestadas as palavras de minha amiga querida Remy, que em uma parte de sua reflexão sobre esta Lua Cheia diz:

águaa

“Embora tempos difíceis como estes nos façam sentir desempoderados, o princípio da unidade nos diz que cada mudança que fazemos tem ondulações no coletivo. Tendo isso em mente, ache tempo, nesta Lua cheia. Tire um intervalo nas suas atividades agendadas e faça um pequeno ritual – um ritual que reflita os ideais de justiça (Libra), integridade (Capricórnio), Compaixão (Câncer), ação correta (Áries), a necessidade de sacrificar uma certa inocência (Escorpião) e um humilde gesto para aquilo que ainda dói na nossa essência (Quíron em Peixes). Humildade é definitivamente o caminho para navegar através destas energias e curvar-se àquilo que é maior que o Eu individual é um lembrete de que somos mais do que o Ego”. 

Que possamos nós, assumir a responsabilidade pela vida que queremos e pelo mundo em que vivemos; que possamos reconhecer as ações necessárias individuais que signifiquem comprometimento com a melhoria não só de nós mesmos, mas também da sociedade em que vivemos; não só o alcance de nossas ambições pessoais e daqueles próximos a nós, mas também das ambições de uma vida melhor e mais justa para todos! 

a alma se eleva

Em tempo: A Lua Cheia em Capricórnio é uma SUPER LUA, que significa que a Lua está no seu ponto de maior proximidade da Terra, o Perigeu. Assim ela parece particularmente grande e mais volumosa e luminosa, o que a torna especialmente bonita e mágica.

Lua Cheia

 

 

 

 

A Semana Astrológica – Surpresas e imprevistos à frente!

almagnus 9Semana de 7 a 13 de julho

Semana de Lua Crescente e Corcunda, a Lua que precede a fase cheia e cheia está a semana de surpresas e imprevistos geradas pelas influências Uranianas, mas também de boas oportunidades, é só ficar atento para reconhecê-las e agarrá-las! O Sol em Câncer quadra Urano em Áries, na velha e conhecida Cruz T que envolve ainda Plutão em Capricórnio. Vênus em Gêmeos se harmoniza com Marte em Libra e com Urano em Áries. Mercúrio faz trígono ainda com Marte, para depois entrar em Câncer e o Sol Canceriano afina-se com Saturno em Escorpião e com Quíron em Peixes, formando um Grande Trígono em Água. O clima de expectativa gerado pela Lua Cheia é adequado também à reta final da Copa do Mundo. Júpiter vai se despedindo das Águas de Câncer e prepara-se para entrar em leão no dia 16. A Lua prestes a ser cheia viaja esta semana por Escorpião, Sagitário, Capricórnio e Aquário. 

Uma segunda-feira nostálgica e fechada abre a semana. A Lua em Escorpião faz conjunção a Saturno e ficamos defensivos e soturnos, mas a influência é boa também para limpezas e expurgos emocionais dos detritos restantes do fim de semana tenso que tivemos. Lua e Saturno estão envolvidos ainda num Grande Trígono em Água com Netuno e Quíron em Peixes e com o Sol em Câncer, dando ao dia esse tom melancólico e de muita sensibilidade. Vênus e Urano conversam amistosamente e pressionam Lua-Saturno para “sacudir a poeira e dar a volta por cima”. Nada de ficar remoendo mágoas e ressentimentos. Nada de se deixar corroer por cinismo e amargura. Alcemos novos vôos, leves e libertos! 

Na terça esse anseio por liberdade ganha cores mais chocantes e vibrantes com a quadratura exata entre o Sol e Urano. Em Câncer o Sol deseja o aconchego familiar, estabilidade, intimidade e segurança emocional para se sentir realizado, seus propósitos são preservar os valores da família e criar laços profundos e duradouros. Mas Urano em Áries representa a urgência da individualidade, de não ter amarras, de estar sempre aberto a novas e excitantes possibilidades. Esse conflito que vem se desenhando há dias fica especialmente carregado e a sensação de estar dividido entre obrigações familiares versus desejos individuais exige que façamos ajustes para conciliar estas duas esferas importantes da vida. Ausência de consciência a respeito desses conflitos internos podem levar a surpresas desagradáveis e talvez até a nos expormos a acidentes. No fim do dia o trígono Sol-Saturno trazem de volta uma dose de estabilidade salutar para acalmar os ânimos. Previna-se!

almagnus13Quarta-feira a Lua está festiva e mais animada em Sagitário. Torna-se particularmente otimista e talvez até exagerada alimentada pela influência dos gases Netunianos. Perigo de inflação e perdermos um pouco a noção da realidade. O dia tem uma influência confusa e enganosa. Cuidado com os excessos, seja de comida, de álcool, de gastos, de otimismo, etc. Mais tarde a Lua faz um belo trígono depois com Urano em Áries e nossas aspirações se tornam mais frescas e renovadas, ficamos também mais ousados e audazes, rompendo barreiras antes mantidas por acomodação ou preguiça.

Encontros e confrontos interessantes dão um colorido todo especial à quinta-feira. Nas primeiras horas da madrugada é uma quadratura entre Lua e Quíron, deixando-nos alquebrados e meio tristes e desapontados. No fim da manhã e meio da tarde a Lua opõe-se primeiro a Vênus e depois a Mercúrio, ambos em Gêmeos. O dia ganha um tom dinâmico, ótimo para socializações e até para efetivação de parcerias. Mas fica também superficial, talvez um pouco histérico e histriônico, regado pelo exagero sagitariano e pela inquietude geminiana. É bom pensar em atividades que enraízem e aquietem o pensamento ou podemos ser levados para cá e para lá pela nossa própria euforia sem produzir nada de realmente proveitoso. Se conseguimos boa ancoragem e centramento o dia pode sim ser bastante produtivo.

Já na sexta-feira, a Lua adentrando o cenário da fase cheia, une-se a Plutão em Capricórnio, tornando o dia propício a renovações. Sentimo-nos mais vigorosos e a disposição está em alta para atacar os mias diversos problemas ou dificuldades.

No sábado acontece a Lua Cheia em Capricórnio, que vem jogar luz mais uma vez sobre as questões família e sociedade, autonomia versus dependência emocional, trabalho versus família, etc… A Lua Cheia acontece em orbe de formação da Grande Cruz Cardinal com Urano e Plutão – mais uma oportunidade de transformar o que ainda não conseguimos até aqui! Os deuses são mesmo muito generosos! Ou terrivelmente irônicos! 

No domingo Mercúrio entra em Câncer, Vênus conversa entusiasmada com Marte e a Lua já em Aquário desentende-se com Saturno. Todos estes aspectos, mais a Lua Cheia de sábado tornam o fim de semana bastante dinâmico, tenso em alguns momentos, porém também com ótimas oportunidades de diálogo e conversas que realmente resolvem coisas que vinham se arrastando e bolando feito pano de chão que ninguém quer lavar. Tem umas nuances agridoces que podem se revelar temperos diferentes para a mesmice do dia a dia!

music

Boa semana para você!