A Semana Astrológica: renovando o edifício interior

sarolta-ban-1
Sarolta Ban – Reprodução

Semana de 04 a 10 de janeiro de 2016

Abrimos o ano com uma semana cheia de novidades, uma semana de Lua Minguante que nos propicia reflexão, introspecção e análises sobre os próximos passos. Tais análises e reflexões ficam ainda mais favorecidas porque Mercúrio entra em retrogradação e isto é parte das novidades da semana, uma com a qual, aliás, talvez nem todos fiquem animados. Mercúrio estaciona já na segunda-feira, a 00°57’de Aquário, para entrar em retrogradação na terça, dia 05. Fica retrógrado até o dia 25 de janeiro e retorna até o grau 14 de Capricórnio. Mercúrio estacionando em Aquário, o signo da tecnologia sugere um foco maior sobre estes assuntos e ainda que façamos os providenciais backups, mas sobretudo, deixemos a tecnologia um pouco de lado para nos concentrarmos nas pessoas e na comunicação real, olho no olho. Depois ele volta a Capricórnio e pede revisões nas questões profissionais e de trabalho em geral, além das questões econômicas e práticas e que revisemos nossas metas e planejamentos, especialmente aquelas de ano novo.

revisao-ortografica-e-gramatical-big
Reprodução

Sempre que Mercúrio fica retrógrado, é tempo de usar e abusar do prefixo “RE”: revisar, rever, reavaliar, reanalisar, retornar, reescrever, refletir, repensar, reordenar… Voltar atrás e repassar as últimas decisões para verificar se elas continuam valendo. Se não é um período tão bom para as coisas objetivas, é excelente para as subjetivas. Também é ótimo para fazer revisões de escritos, documentos, situações, projetos, etc… Classicamente, Mercúrio também está associado a atrasos, imprevistos, dificuldades ou surpresas nos deslocamentos e viagens curtas e recomenda-se cautela na hora de assinar contratos ou ainda sugeres-se que se evite, por exemplo, fazer cirurgias durante o período. No retrocesso a Capricórnio Mercúrio vai encarar de novo alguns desafios com os quais já tinha lidado semanas atrás: Urano-Plutão e Marte. Mercúrio, aliás, fez quadratura a Marte no domingo e já na terça Marte faz quadratura a Mercúrio, o que não é comum, visto que Mercúrio, como planeta mais rápido é quem faz aspectos a Marte, mas neste caso, Mercúrio estará estacionário e Marte estará direto – é como o irmão mais velho dando um belo puxão de orelhas no fedelho mais novo ou o mais novo se recusando a assumir atribuições e responsabilidades que são do mais velho. Por serem regidos por ele, tradicionalmente, Geminianos e Virginianos são mais “afetados” pelas retrogradações de Mercúrio.

retração
Reprodução

Além de Mercúrio, Júpiter também fica retrógrado nesta semana, a 23°14’ de Virgem. Fica retrógrado até o dia 09 de maio e retorna até o grau 13°15’ de Virgem. Com Júpiter retrógrado substituem-se as vacas gordas pelas magras e vislumbramos períodos de recessão ou, no mínimo, expansão limitada. É um período para se reavaliar o progresso conseguido até então e verificar se se está no caminho certo e, se for o caso, fazer as devidas adequações. Neste caso, o cenário de recessão se acentua porque Júpiter estará estimulando a quadratura Saturno-Netuno durante o período em que estiver retrógrado, formando uma T-Square de amplas implicações, especialmente de março em diante. Como se não bastasse, o ano começa com Mercúrio também retrógrado e a maior parte dessa retrogradação se dará em Capricórnio, o signo do trabalho e das questões econômicas em larga escala, sugerindo mais desaceleração do ritmo dos mercados. Portanto, botemos as barbas de molho porque a perspectiva é de estagnação nos próximos meses.

ffffound
Desconheço o autor – Reprodução

Quem também estimula a quadratura Saturno-Netuno é Vênus, que ingressou em Sagitário e faz conjunção a Saturno e quadratura a Netuno nesta semana, requerendo muita cautela nas compras e investimentos em geral pelos próximos dias. Propensão a erros de julgamento, dificuldades em fazer a escolha certa e em ter o devido senso de proporção: ou você dá demais ou de menos – quem puder esperar para tomar esse tipo de decisão, terá mais clareza mais à frente. Nas relações as coisas também tendem a ficar um pouco nebulosas: um está super suscetível e inseguro por causa da frieza ou dureza do outro. Um tom de marasmo e enfado pode atingir os relacionamentos mais sólidos, enquanto pode desintegrar de vez aqueles mais capengas, especialmente aqueles que começaram no “oba-oba” e que se revelaram depois sem nenhuma sustentação por falta de afinidades ou interesses mútuos. É preciso ter clareza dos valores mais fundamentais para se saber qual o melhor rumo a tomar.

11902345_1661083974178821_8657095196682629114_n
Desconheço o autor – Reprodução

O Sol colore a semana de grande dinamismo, mas também tensão ao fazer conjunção a Plutão e quadratura a Urano. Mais um desafio da longa saga de despertar para a autoridade interior e para a responsabilidade pessoal. Momento de encarar a própria sombra e sede de poder, alimentadas pelo materialismo e utilitarismo do homem e da Natureza. Transformamo-nos e despertamos para uma nova realidade ou somos transformados pela dificuldade e pela crise que nos forçará a enfrentar aquilo de quê viemos fugindo. Afinal, somos humanos ou ratos? Somos quem somos ou somos o uso que permitimos que façam de nós?

sexywitch
sexywitch – Reprodução

A Lua abre a semana na fase Minguante em Escorpião. Torna-se Balsâmica em Sagitário na quarta-feira e renova-se em Capricórnio na noite de sábado. Faz aspectos com todos os demais corpos celestes em sua andança estelar. Até sábado durante o dia é tempo de limpeza e faxina na casa, nos guarda-roupas, nas gavetas, na vida! Libere tudo o que não precisa mais! O tempo está propício! A Lua será Nova às 23h30min de sábado no horário de Brasília e à 01h30min de domingo no horário de Lisboa.

Dia a dia

Merc retro Douglas Smith
Douglas Smith – Reprodução

A Lua Minguante em Escorpião abre a SEGUNDA-FEIRA se afastando da conjunção a Marte e da quadratura a Mercúrio. Durante o dia faz trígono a Netuno em Peixes e sextil ao Senhor Sol e a Plutão, ambos em Capricórnio. Mercúrio estaciona a 00°57’ de Aquário e engata a marcha a ré. Vênus está em quadratura a Netuno, exata amanhã e o Sol em conjunção a Plutão. É dia de voltar ao batente e a gente tenta engrenar no tranco, com saudade ainda da folga e do feriadão. Mas é preciso agarrar a oportunidade que se apresenta e começar o dia, a semana, o ano com o pé direito. A Lua está Minguante sugerindo menos ação e mais análise, análise e revisão potencializadas pelo estacionamento de Mercúrio em Aquário, signo super mental. É hora da revisão! Sim, o ritmo está lento e o mundo começa a funcionar aos poucos, abre uma porta aqui, uma janela acolá, até que a vida começa a botar a cara na rua de verdade… é melhor nos sintonizarmos com o ritmo interno para não nos estressarmos já nesta primeira semana. Seguir o fluxo e se ele parar em algum momento, paremos nós também e, ao invés de reclamar, aproveitemos para olhar ao redor e nos maravilharmos com o que vemos!

gerasanews com
Gerasanews.com – Reprodução

Vênus está em quadratura plena a Netuno na TERÇA-FEIRA e caminha para a conjunção a Saturno, indicando um dia de muita sensibilidade, anseios inexplicáveis, desejos irreais e fantasiosos, mixados com um sentimento de solidão do qual nos ressentimos, ao mesmo tempo em que lhe damos as boas vindas, de tanto que é necessário. A Lua Escorpiônica faz trígono a Quíron em Peixes, quincunce a Urano em Áries e sextil a Júpiter em Virgem, aspecto depois do qual fica vazia, às 15h49min. Marte em Escorpião está em quadratura a Mercúrio, que está estacionário e oficialmente retrógrado em Aquário e o Sol está em conjunção quase exata a Plutão. O dia está uma mistura de circunspecção, nostalgia e irritação mental que nos deixa inquietos e um tanto indispostos. Entramos em contato com alguns desejos regressivos dentro de nós, desejos de salvação e redenção; anseios inconfessáveis de um amor que nunca foi ou nunca será, anseios pelo inexistente ou indescritível. Queríamos desaparecer na névoa e simplesmente sucumbir, parar de lutar, essa luta insana da existência, que causa tanto desconforto e tensão. Para quê? Para quê se diferenciar, lutar, “ser alguém”?

wolrd's colllapse - Eric Fortune
World’s collapse – Eric Fortune – Reprodução

Impulsos contraditórios se rebelam e nos levantamos para continuar a luta, olhamos dentro de nós e nos imbuímos de nova força, nascida da confrontação de tais desejos obscuros latentes. O que é mais forte dentro de nós, o impulso da existência consciente ou o desejo de não ser? O que estamos buscando, realmente? Se não soubermos esta resposta, cavaremos e cavaremos cada vez mais fundo, mas ao invés de acharmos o tesouro da nossa alma, estaremos apenas cavando nossa própria cova, adensando nosso desespero… É essencial saber o que está por trás da nossa busca, qual é o valor fundamental que mobiliza nossa energia, nosso trabalho. O mundo entra em colapso dentro de nós, mas se não está muito produtivo para coisas práticas devido a essa modorra que nos arrasta para longe da objetividade, por outro lado, o dia está propício a observarmos esses impulsos de não ser, entremeados com lampejos de consciência que, quando iluminam, nos fazem ver o próprio cerne da situação. Se estamos verdadeiramente atentos à questão crucial podemos podemos desmantelar muitos dos nossos padrões,inclusive esse perigoso e tão sedutor impulso de desistir. Mas primeiro precisamos decidir se vamos atrás da resolução ou se deslizamos para o esquecimento de tudo, inclusive de nós mesmos, do que somos ou queremos… Se não ficamos atentos, a letargia leva a melhor de nós… Vamos combater a modorra!

yao yao china caçador
Yao Yao, artista chinêsm no Behance – Reprodução

O Sol está em conjunção plena a Plutão na QUARTA-FEIRA e muito próximo da quadratura a Urano em Áries. Mercúrio começa a se mover para trás. A Lua entra o dia vazia em Escorpião e no quebrar da barra do dia ingressa em Sagitário. Faz sextil a Mercúrio retrógrado em Aquário, quadratura a Netuno em Peixes e forma uma conjunção tripla com Vênus e Saturno, que envereda pela madrugada da quinta. Ao entrar em Sagitário a Lua faz semi-quadratura ao Sol e se torna Balsâmica. O dia começa num tom até animado e brincalhão, mas com o passar das horas ficamos meio preguiçosos e começamos a duvidar do rumo da jornada. Mas tantas dúvidas, além de confundir, podem também chamar nossa atenção para certezas que talvez já não façam tanto sentido e já que estamos no minguante, por que não abrir mão delas e abrirmo-nos ao que possa vir mais à frente? É hora de olhar para o futuro, fazer planos de curto, médio e longo prazo, analisando cuidadosamente tais planos e baseando-os em nossos valores mais preciosos e no senso de correção  interior. Medo? Para quê? Se temos clareza da nossa verdade interna, ela iluminará a mais densa escuridão e nos protegerá de eventuais escorregões. Nada nos garante de que não erraremos, de que não cairemos em algum momento, mas se alinhados com essa verdade maior, tais eventualidades serão apenas parte do aprendizado, que ficará mais enriquecido. Estamos numa busca, numa caçada. O que caçamos? Caçamos e buscamos a nós mesmos. “Nada a temer senão o correr da luta/ Nada a fazer senão esquecer o medo/ Abrir o peito à força, numa procura/ Fugir às armadilhas da mata escura/ Longe se vai/ Sonhando demais/ Mas onde se chega assim/ Vou descobrir/ O que me faz sentir/ Eu, caçador de mim” (Sérgio Magrão).

yao yao, china
Yao Yao, on Behance – Reprodução

A Lua Sagitariana rasga o dia em conjunção a Vênus e a Saturno na QUINTA-FEIRA e ainda afastando-se da quadratura a Netuno. Faz quadratura depois a Quíron, virando foco de uma T-Square,pois também quadra Júpiter, que estaciona às 02h41min a 23°14’ de Virgem. O Sol está em quadratura plena a Urano em Áries. Então, de novo é tempo de se perguntar como estamos vivendo e se, somadas nossas obrigações, deveres, realizações, relações, trabalho e escolhas, se estamos vivendo em plenitude. Plenitude não quer dizer ausência de problemas, mas sim a sensação de que estamos fazendo o que deveríamos estar fazendo com nossa vida, se estamos felizes de ser quem somos, independentemente de todas as dificuldades. E este “deveria” aqui não tem nada a ver com “dever” no sentido das obrigações e expectativas sociais, antes é um estado de obediência ao Deus interior, ao Self, ao qual devemos nos render. E então, como está a nossa conta? É de Joseph Campbell aquela frase célebre que diz que “precisamos estar dispostos a nos livrar da vida que planejamos para podermos viver a vida que nos espera. A pele velha tem que cair para que a nova possa nascer”, isso é o que Urano e Plutão demandam de nós quando estão em contato com o Sol: trazer essa verdade à consciência e deixar ela agir, deixar que seu efeito curativo atue e nos livre daquilo que não nos serve mais. Como nos expandimos para o novo se ainda arrastamos conceitos e crenças antigas e empedernidas sobre nós mesmos? Júpiter estaciona e pede que também reavaliemos as nossas perspectivas e “planos” de futuro e de crescimento: tais perspectivas e planos realmente fazem nosso coração dançar de júbilo? Realmente nos enchem de alegria? Ou o sentimento é outro? Poder, ambição, orgulho, vaidade, medo, peso? Se não houver alegria genuína, estamos no caminho errado e precisamos rever nosso planejamento. Mesmo a Cabra, se for honesta, tem o objetivo final de ser feliz, mesmo que seu conceito de felicidade seja muito próprio, ainda assim, se não houver alegria genuína pelo simples fato de se estar vivo e fazendo o que se faz, não haverá felicidade.

balsamic night with a view christian schloe
Christian Schloe – Night with a view – Reprodução

A Lua Sagitariana formaliza a quadratura a seu dispositor, Júpiter, na primeira hora da SEXTA-FEIRA, ficando fora de curso logo depois, à 00h46min. Júpiter, aliás, está oficialmente retrógrado a partir das 02h41min – 04h41min no horário de Lisboa. A Lua ingressa em Capricórnio às 13h07min, de onde faz sextil a Marte em Escorpião. Marte está em sesqui-quadratura a Quíron em Peixes. Mercúrio retorna a Capricórnio. O dia pede ainda mais introspecção, visto que a Lua está Balsâmica e em Capricórnio. Não é mesmo dia de andar “com o dente na fresca” por aí. Resguardo e solitude dão o tom e se formos espertos usamos isso a nosso favor para cuidar das providencias limpezas, práticas ou não, para nos prepararmos para o novo ciclo, mais sóbrios e econômicos. As limpezas mais favorecidas são aquelas relativas a situações profissionais e até mesmo no ambiente físico de trabalho: papéis, gavetas, pendências e coisas mal terminadas… Quanto de nossa energia fica empacada e retida nessas coisas que estão ali, penduradas, à espera de um olhar, uma resolução ou um simples descarte no lixo? A fase Balsâmica também propicia que fortaleçamos nossa resiliência e nos despeçamos das situações que desafiam nossa autonomia e independência. Ao contrário do que pensamos, as situações mais perigosas não estão lá fora. Não. Estão aqui, em nós, na propensão ao martírio e ao vitimismo não reconhecidos, que faz reféns àqueles que nem mesmo pediram pelos tais sacrifícios que tanto alegamos. Vamos continuar esse teatrinho de “só eu trabalho aqui”, só eu ralo, só eu… Ahhhh! Que preguiça! Vamos soltar isso também! O que é que ganhamos com isso mesmo? Um tempo de moratória diante de nós mesmos?  Vamos ser mais honestos e nos preparar para o novo, inclusive, o novo que há dentro de nós, ansiando para se expressar, com atitudes frescas e límpidas. Se nós deixarmos… !

Sol e Lua1
Reprodução

Esse ser renovado, limpo e fresco vem à tona no SÁBADO, na Lua Nova de Capricórnio, uma Lua regida por Saturno, que – olha só! recebe a conjunção plena de Vênus! – Essa Lua pede seriedade nos nossos propósitos e responsabilidade na execução e construção dos nossos sonhos. E autenticidade. A Lua Nova ocorre em trígono a Júpiter em Virgem mas, principalmente, em conjunção a Plutão e quadratura a Urano – caramba! Nunca vamos nos livrar destes caras?? Você deve estar se perguntando… Na verdade, em lugar de reclamar, deveríamos aproveitar cada oportunidade em que esses “caras” são estimulados para fazer o que precisamos fazer. Ele são o “empurrão” que precisamos para ativar e realmente mudar as coisas em nós. Então, vejamos como podemos  tirar proveito dessas oportunidades que a vida nos dá de nos reinventarmos e de transformar o que tanto nos desagrada, aquilo de que tanto reclamamos.

my modern met
Antonio Mora, fotógrafo espanhol – Reprodução

A Lua Nova vem chamar exatamente a isso! A nos reinventarmos no mundo do trabalho, a sermos mais autênticos na nossa persona e papel social, a sermos mais responsáveis pelo mundo em que vivemos, contrapondo à postura usual de reclamar e pôr a culpa nos governos, políticos, o marido, a mulher, o chefe, Deus, os outros, etc. O que podemos fazer de concreto, na nossa vida comum, diária, incluída nos nossos planos e projetos, que possa efetivamente melhorar o mundo em que vivemos? Capricórnio cobra responsabilidades e fundamentação e nossos projetos pessoais, profissionais, sociais precisam ter sustentação e sustentabilidade – sim, essa palavra da moda tem sido super utilizada e já perdeu muito do sentido, mas nem por isso devemos desacreditar de sua necessidade. Não podemos “jogar a toalha” e entrar no vandalismo espiritual de achar que não há mais nada a ser feito. Pelo contrário, cada vez mais seremos cobrados a adotar posturas vigilantes e responsáveis, a viver com integridade e correção, mesmo que valores e preceitos estejam se esfacelando diante de nós. Saturno, regente da Lua Nova está em conjunção a Vênus, que suaviza sua frieza e chama a atenção para a importância dos valores subjacentes às nossas decisões e que são o Norte da nossa vivência na Terra. Construir uma obra maior, que desafie o tempo e o espaço, baseada em sólidos valores espirituais. Essa obra somos nós! Vamos renová-la? A Lua é Nova no sábado, às 23h30min no horário de Brasília e à 01h30min do domingo, no horário de Lisboa.

natgeo
National Geographic – Reprodução

Renovada, a Lua segue por Capricórnio no DOMINGO, de onde faz trígono a Júpiter, já retrógrado. Júpiter também se prepara para receber o trígono do Sol em breve. Durante o dia a Lua faz conjunção a Mercúrio, que retornou a Capricórnio e ingressa em Aquário às 18h23min, de onde fecha a noite e a semana em quadratura a Marte em Escorpião. O domingo ainda está um pouco soturno, mas ao mesmo tempo o Velho Saturno está de bom humor com a visita Venusiana. A influência de Júpiter se faz sentir e suaviza ainda mais o clima, de modo que temos um tom de sobriedade doce e feliz. Não precisamos tanto “encher a cara” e nos evadir de nossas questões, nossos bichos estão mais mansos hoje e propiciam um clima de comunidade e afinidade com aqueles a quem encontramos no nosso caminho. A tarde está mais propícia a interações e a conversas abertas, embora ainda sejam um pouco econômicas. Contudo, ainda precisamos dosar a dureza da língua e de possíveis repreensões ou conversas mais densas que se fizerem necessárias. A repreensão amorosas geralmente tem mais efeito do que uma altercação raivosa.

Que sua semana seja de serena amorosidade!

11825186_140342356301369_5860892061946468881_n
Reprodução – Desconheço o autor

 

4 opiniões sobre “A Semana Astrológica: renovando o edifício interior”

Deixe uma resposta