Arquivo da tag: Mercúrio em Escorpião

A Semana Astrológica – Luz na Escuridão

Brooke Shaden Photography – Reprodução

Semana de 23 a 29 de outubro – Semana de crescimento e expansão, de focar no que é essencial, para que os resultados sejam mais efetivos!

Fiquei algumas semanas sem publicar atualizações, portanto, vou incluir movimentos importantes que ocorreram recentemente.

Desconheço o autor – Reprodução

O Sol ingressou em Escorpião nesta segunda, às 03h26min no horário de Brasília e às 05h26min no horário de Lisboa. Durante o trânsito do Sol pelo signo de Escorpião nos voltamos para assuntos mais densos e profundos; perscrutamos segredos e mistérios, da vida, do cosmos e das profundezas do nosso próprio ser e da psique humana. É o período em que assuntos relacionados à morte, à destruição, degeneração e decomposição da vida e das coisas em geral podem ter maior destaque e ser “iluminados” pelos raios solares e pela consciência – tempo de jogar luz sobre as questões mais profundas da alma . É tempo de eliminação e reciclagem, transformação e regeneração. À morte segue-se o renascimento, assim é na natureza, portanto, vale analisar o que precisa morrer e ser eliminado na nossa vida, para que possamos renascer, feito Fênix, que renasce das cinzas. Assuntos tabus e relativos à sexualidade também ficam mais enfatizados. É um período favorável também para auto-análises cuidadosas, para exames honestos que nos façam perceber aspectos sombrios e desagradáveis de nós mesmos, que normalmente temos dificuldade de enfrentar. O Sol fará conjunção a Júpiter ainda esta semana – leia sobre Júpiter em Escorpião logo abaixo. Parabéns a todos os Escorpianos de Sol, Lua e Ascendente! Leia mais sobre o signo de Escorpião!

Reprodução

Quem também ingressou em Escorpião foi Mercúrio, no dia 17, na semana passada. Em Escorpião Mercúrio torna a mente arguta e ultra-perspicaz. Há grande capacidade investigativa, pois queremos descobrir todos os segredos, queremos ir à verdadeira raiz das coisas. É um excelente posicionamento para pesquisadores e investigadores em geral. No mapa natal este posicionamento fala de indivíduos que têm grande poder de penetração nos assuntos e na alma dos outros, embora sejam, eles mesmos, reservados, a não ser que outros posicionamentos digam o contrário. suas palavras têm grande poder, assim como a mente, que quando foca em algo, chega ao âmago das questões ou pode realizar qualquer coisa – são as chamadas mentes poderosas. São de poucas palavas, mas geralmente certeiras, às vezes letais, pois sabem exatamente o que dizer para destruir alguém – a palavra pode ser veneno ou cura, depende da motivação de quem as profere. Há interesse em psicologia e filosofias ocultas, ou em qualquer assunto que nos permita destrinchar os mistérios da natureza humana ou do universo.

Reprodução

Marte, regente tradicional de Escorpião, ingressou em Libra no domingo, dia 22/10, às 17h29min, onde fica até nove de dezembro. Libra é o signo de detrimento de Marte, porque Marte é um planeta direto, que vai buscar o que quer pensando apenas nos próprios interesses e em Libra, Marte tem que considerar o outro, então sua ação já não é tão direta e rápida. Positivamente, é um período em que a agressividade direta dá lugar à diplomacia, à arte de negociar e conciliar. Pensamos muito no impacto que nossa ação terá sobre o outro e assim, hesitamos, porque há necessidade de aprovação deste outro e até do meio; há muita civilidade e forte senso de justiça e é mais fácil lutar as batalhas em nome de outros do que em defesa de si mesmo. Negativamente pode haver dificuldade de se apoderar da própria força e poder, projetando-os sobre outros; pode haver dificuldade de lidar com a própria raiva e expressá-la de forma adequada e saudável, levando-a a acumular-se e criar problemas depois – dificuldade de dizer “não” é um dos possíveis problemas, porque teme-se desagradar aos outros – é necessário reconhecer os próprios sentimentos. É um posicionamento muito diplomático e vai fazer de tudo para evitar a guerra, mas uma vez que entre no conflito, será um grande estrategista – é um posicionamento comum em mapas de generais. Há tendência à competitividade nos relacionamentos. Enquanto estiver em Libra Marte fará quadratura a Plutão e oposição a Urano, os aspectos mais desafiadores, que adicionaram pressão e beligerância a este este Marte geralmente cordato e propenso ao “deixa disso”. O período mais crítico vai de 16 de novembro a 05 de dezembro.

Desconheço o autor – retirado de Vassoangel on Deviantart – Reprodução

Vênus está em Libra, sua segunda casa, sua casa aérea, mais mental e civilizada. Nesta semana Vênus se desentende com Netuno por quincôncio e tem um conflito sério com Plutão, indicado por quadratura. Esses movimentos podem significar tensões nos relacionamentos em geral, especialmente nas relações amorosas. Se andamos ignorando situações desagradáveis nas relações por medo de perder, por receio de desagradar o outro, ou para evitar mudanças, podemos nos deparar com crises que nos obrigam a lidar com os desconfortos, de um jeito ou de outro. Momento de promover essas mudanças necessárias na relação. Positivamente, esse trânsito traz intensidade e paixão e tende a intensificar o desejo e a resposta sexual – dias e noites ardentes nas relações íntimas. Relações que começam sob este trânsito tendem a ter uma qualidade compulsiva e possessiva. Vênus fica em Libra até o dia sete de novembro. O quincôncio a Netuno ocorre já na segunda e a quadratura a Plutão fica exata entre sexta e sábado.

Júpiter em Escorpião: largo e profundo – crenças em transformação

Júpiter ingressou em Escorpião no dia 10 de outubro, sinalizando um tempo de transmutar nossas crenças, desejos, compulsões, para podermos nos expandir verdadeiramente, em termos mais profundos, que não podem ser medidos por medidas meramente mundanas, mas principalmente, pela expansão psíquica, pela ampliação dos sentimentos mais profundos, pela busca de algo maior do que nós mesmos!

Attuned Photography – Reprodução

Júpiter em Escorpião é como um lago que é ao mesmo tempo muito largo e muito profundo. Queremos expansão, amplitude, mas também queremos profundidade, consistência, densidade. Assim, as crenças não são meros conceitos intelectuais e são vividas e expressadas apaixonadamente. A espiritualidade e religiosidade precisam ser vividas com verdade, com grande envolvimento emocional, com devoção e não apenas pela aceitação social, pela necessidade de se congregar com mentes afins ou por ideais de civilidade. Ou acreditamos com todo o coração e alma, ou somos completamente descrentes – não há meio termo. Essa devoção pode ser fervorosa e extremista e pode ter efeitos positivos e/ou negativos, dependendo de como enxergamos o mundo lá fora (e dos contatos que Júpiter faz no mapa natal).

Os assuntos relacionados à morte, à vida após a morte, às filosofias ocultas, aos usos, abusos e excessos cometidos pelo poder, assim como à sexualidade e aos tabus e segredos sexuais vigentes (especialmente os associados com figuras das leis, figuras eclesiásticas, intelectuais em geral), mais do que nunca, vêm para a linha de frente das discussões sociais – pode haver, inclusive, um aumento nas edições e publicações sobre estes assuntos. Tabus envolvendo sexo e religiosidade serão muito abordados e poderão suscitar muitas polêmicas. A hipocrisia tende a ficar exposta. As visões individuais sobre estes assuntos podem divergir muito da moral vigente, daí a tendência a conflitos e polêmicas.

Os sistemas educacionais devem passar por um ciclo de morte e renascimento, de destruição e transformação, para que o que estava estagnado volte a se expandir e crescer. Conhecimento superficial e capenga não será tolerado. É um período muito favorável para pesquisas sobre sexualidade, sobre questões reprodutivas, sobre a morte e assuntos metafísicos em geral.

Júpiter fica em Escorpião até 08 de novembro de 2018, quando ingressa em Sagitário. Mais sobre Júpiter em Escorpião nas próximas semanas!

Reprodução

Estamos vivendo o trânsito do Sol por Escorpião, mas o ciclo ainda é de Libra, iniciado na quinta-feira, dia 19, na Lua Nova de Libra. A Lua abre a semana em Sagitário – está bastante lenta e somente hoje, segunda, entra na fase Semi-Crescente, ao fazer semi-quadratura ao Sol – começa a aparecer no céu como um anel muito fino. Torna-se Crescente na sexta-feira, a partir de Aquário e atinge seu apogeu na Lua Cheia de Touro, no dia quatro de novembro. A Lua Nova de Escorpião será em 18 de novembro.

Reprodução

SEGUNDA-FEIRA, 23 de outubro – O Sol ingressou em Escorpião às 02h26min nesta madrugada. Marte, regente tradicional de Escorpião, ingressou em Libra ontem, às 16h29min. A Lua está em Sagitário. Faz sextil a Vênus, quadratura a Netuno em Peixes e entra na fase Semi-Crescente ao fazer semi-quadratura ao Sol. Fecha a noite em conjunção a Saturno. Vênus em Libra está em quincôncio exato a Netuno. A segunda começa atipicamente animada. Mesmo com muitos afazeres, conseguimos encará-los com otimismo e energia. Pelo fim da manhã, porém, os ânimos arrefecem um pouco e nos dispersamos com ideais idealistas demais, ou simplesmente com dúvidas e uma queda indefinível na energia. Talvez valha a pena atender aos apelos da alma e tirar alguns minutos para meditar sobre a nostalgia súbita, sobre as incertezas difusas… Ao invés de lutar contra elas, podemos olhá-las e dar-lhes um lugar, e até mesmo nos inspirar. Depois podemos voltar aos afazeres com mais foco e energia, inspiração renovada!

Reprodução

TERÇA-FEIRA, 24 de outubro – Mercúrio hoje está em harmonia com Netuno. A Lua está em Sagitário e hoje já fez conjunção a Saturno, quadratura a Quíron e trígono a Urano, aspecto depois do qual ficou fora de curso, às 14h46min. Ingressa em Capricórnio às 22h13min, de onde fecha a noite em harmonia com o Sol e Júpiter. Depois de uma manhã de muitas responsabilidades, cobranças e desajustes, a tarde traz possibilidades de iluminação sobre nossas aspirações de liberdade e de futuro: para onde queremos ir e como superaremos os obstáculos? As horas estão propícias a reflexões, menos ação objetiva e maior foco – silencioso – nessas aspirações maiores. À noite há propensão a maior sobriedade mas o humor fica relativamente leve. Temos contenção emocional e muita praticidade. Encaramos as possibilidades reais daquelas aspirações e elucubrações que aventamos durante o dia se tornarem realidade, mesmo que num futuro distante. Ponderamos e tiramos conclusões, que poderão – ou não, depende das conclusões – ser concretizadas lá na frente. À perspicácia aguda da mente hoje soma-se também uma intuição altamente acurada e afinada, à qual podemos recorrer para melhor planejar os próximos passos e também para nos comunicar mais efetivamente. Também ficamos mais imaginativos e inspirados, o que ajuda particularmente aos criativos. A comunicação, que atualmente tende a ser implacável, torna-se um pouco mais suave, empática, compreensiva, porque sentimos uma conexão invisível com as pessoas com quem entramos em contato e tal sintonia favorece as interações.

Reprodução

QUARTA-FEIRA, 25 de outubro – A Lua entrou o dia já em Capricórnio, fazendo quadratura a Marte em Libra, mas talbém alinhada com Júpiter e com o Sol, que estão conjuntos, aspecto exato na virada da quinta. No fim do dia a Lua se harmoniza com Netuno e fecha a noite em discórdia com Vênus e já próxima da conjunção a Plutão. Dia de trabalho puxado, que começou cedo, motivado pela noite de sono intermitente, quebrado. O dia propicia mesmo foco e avanço nas tarefas, especialmente aquelas de cunho mais prático e objetivo. Um dia de se tomar decisões e executar planos de ação, de forma determinada e destemida. Mande o trabalho, que damos conta! À noite o clima se suaviza um pouco e nos regozijamos com a sensação de realização, de trabalho e dever cumprido! Podemos até celebrar discretamente, no conforto do lar! O descanso é merecido e necessário, porque amanhã tem outros desafios, mais pesados, mais cobranças, mais decisões a serem tomadas! Por ora, descansemos!

Pessoal, estive algumas semanas sem publicar A Semana, que está passando por reformulações. A partir desta semana vou publicar apenas sobre os trânsitos principais – como o texto acima. Os textos sobre os dias específicos (segunda-feira, terça-feira, etc) serão acrescentados ao longo da semana, a cada dia. Esta não é a mudança mais significativa, é apenas a mais imediata. O blog como um todo está sendo repensado – não a forma, mas o conteúdo – então, aguardem porque estou preparando novidades para 2018!!  🙂

Eu desejo uma ótima semana para todos vocês!

Que seja de luz e bênçãos!

Reprodução – desconheço o autor

A Semana Astrológica – À Flor da Pele

luacrescente01
Desconheço o Autor – Reprodução

Semana de 24 a 30 de novembro 

Ciclo novo se iniciando, com as bênçãos e o otimismo de Sagitário! A semana começa no terceiro dia da Lua Nova, o período propício para os novos começos. Normalmente se diz que não é bom começar coisas nos dois primeiros dias da Lua nova porque a Lua ainda está muito escura, a energia ainda é muito instintiva e incipiente e não se tem clareza suficiente para divisar longe. Assim, o recomendável é que se aguarde o terceiro dia da fase nova, quando ela começa a aparecer como um anel fino no céu – aliás, reza uma lenda antiga que quando se enxerga a Lua Nova no céu pela primeira vez naquele ciclo, não importa o que você esteja fazendo, é a coisa certa para aquele período ou momento da sua vida.

E nesse início de ciclo temos movimentos e dinâmicas importantes, como sempre há, simbolizando a incessante atividade da vida na Terra. O Sol, que inaugurou sua aventura Sagitariana no sábado, defronta-se com desilusões e desapontamentos na figura de Netuno em Peixes, quadratura que fica exata na quinta, 27. Desorientação, confusão e insegurança podem nublar o horizonte dificultando a visualização das metas tão preciosas ao Arqueiro. Em seqüência, depois de Vênus e do sol entrarem em Sagitário, é a vez de Mercúrio, que ingressa no signo do Centauro na sexta-feira, 28, também já aspectando Netuno por uma quadratura, que só fica perfeita na segunda, 01/12. Antes disso, porém, Mercúrio, ainda em Escorpião, faz conjunção a Saturno, e juntos fazem semi-quadratura a Plutão em Capricórnio (aspecto de 45 graus, metade de uma quadratura, que é 90 graus) e sesqui-quadratura a Urano em Áries (aspecto de 135 graus, ou seja, 90+45), a exatidão dos aspectos feitos por Mercúrio ocorre antes daqueles feitos por Saturno, já que este é mais lento. Esses aspectos de Mercúrio indicam que muitas coisas se modificam no plano mental e na comunicação por estes dias.

lua_crescente12
Desconheço o Autor – Reprodução

Vênus, que fez quadratura a Netuno na semana passada, enfrenta agora os desafios, dores e decepções simbolizados por Quíron. Problemas de auto-estima e feridas antigas podem ser reabertas na área dos relacionamentos ou das finanças, talvez não sem propósito, talvez tenhamos então uma oportunidade de re-significá-las e encontrar algum alívio para essas mágoas. Até porque, em sua jornada Sagitariana, Vênus faz também um aspecto fluente com Urano em Áries, que lhe dá apoio e sugere que ela se desapegue de tais bagagens pesadas e se desimpeça desses trambolhos. Marte é outro que precisa decidir se engata a quinta marcha sugerida por Júpiter ou se vai devagar e sempre como orientado por Saturno. O aspecto Marte-Saturno fica exato somente na segunda, 1° de dezembro, mas já podemos senti-lo no fim de semana.

the art of animation
The Art of Animation – Reprodução

Os aspectos que Netuno recebe do Sol e de Mercúrio, mais a quadratura Vênus-Quíron, fazem dessa uma semana delicada. Parafraseando o Baleiro, estamos tão sensíveis, tão à flor da pele, que qualquer beijo de novela poderá nos fazer chorar. Semana que demanda atenção e cuidado nas decisões, especialmente envolvendo negócios e novas propostas, pois a neblina de Netuno tira a clareza e a lucidez. Quando possível, é melhor adiar decisões sobre investimentos e objetivos importantes e de longo prazo – Isso é especialmente verdadeiro para os próprios Sagitarianos, que têm a benesse de ter Vênus passeando por seu signo, mais o trígono de seu regente Júpiter em Leão, mas que também têm que lidar mais profundamente com os engodos de netuno, já que este planeta trafegando Peixes está em quadratura com os planetas natais de Sagitário.

bubug deviantart
Bubug Deviantart – Reprodução

A Lua na fase nova viaja pelos signos de Sagitário, Capricórnio e Aquário. Completa o Primeiro Quarto no sábado já em Peixes e fecha o fim de semana em Áries. Neste passeio ela faz aspectos com todos os demais corpos celestes, conversando com eles de forma amistosa ou belicosa, dependendo do aspecto, simbolizando os desafios e oportunidades que a sementinha que brota encontrará na sua grande aventura de se tornar planta forte e madura.

A SEGUNDA-FEIRA começa animada, com a Lua se afinando lindamente com seu regente, Júpiter, em Leão, nas primeiras horas da madrugada. Ela fica vazia logo depois e a segunda fica propícia para começar a engrenar a rotina de forma otimista, com alto astral. Às 14h32min a Lua entra em Capricórnio e o trabalho passa a render muito mais, se nosso foco não for desviado pelas agulhadas de incerteza criadas pelas alfinetadas trocadas por Marte e Júpiter. Podemos ficar cindidos entre o trabalho e dever e alguma atividade mais prazerosa e divertida que apareça de repente. Ou então, nosso entusiasmo vai e vem como a maré que ora está cheia, ora vazia. É preciso lembrar-se do que está em jogo para lidar com essa instabilidade na vontade e na motivação.

Damião Martins
Damião Martins – Trabalhadores – Reprodução

TERÇA-FEIRA é dia de se preparar para chumbo grosso porque a Lua se envolve na quadratura Urano-Plutão, como é praxe sempre que passa pelos signos cardinais. Há grande energia e necessidade de ação, portanto, o melhor é arranjar o que fazer com essa alta voltagem. Se não acharmos onde empregar isso de forma criativa, estaremos suscetíveis a nos defrontar com conflitos diversos, jogos de poder e até problemas com o chefe. Começar o dia gastando o excesso de energia na academia ou numa corrida no parque pode ser uma ótima idéia.

A Lua faz conjunção a Marte na QUARTA-FEIRA, sinalizando que as horas continuam super produtivas. Haja trabalho para tanta determinação e estamina! A Lua ainda se irrita com Júpiter em Leão, sugerindo alguma reprovação a outros que parecem viver só para curtir a vida enquanto ficamos aqui cuidando das obrigações. Antes de fazer cara feia, seria melhor ser honesto e admitir que estamos mesmo é com inveja da despreocupação e irresponsabilidade deles. Uma pausa para o lanche e lembrar dos prazeres que nos aguardam depois do dever podem ajudar a dissipar a rabugice, até porque o contato com Saturno nos lembra que a obrigação vem antes do prazer. Vênus faz trígono a Urano neste dia. É aconselhável achar uma brecha na agenda para fazer coisas diferentes e inusitadas no relacionamento. Nada de DR, por favor! É hora de reinventar histórias, de experimentar, de ventilar as coisas na vida de casal, ou então a tensão pode degringolar em rusgas dolorosas, com um se sentindo rejeitado e o outro se sentindo cobrado e sufocado – não esqueçamos que Vênus também está em quadratura com Quíron!

coração meu
Desconheço o Autor – Reprodução

A semi-quadratura entre Saturno e Plutão fica exata na QUINTA-FEIRA. Embora não tão forte nem perceptível quanto na quadratura, há tensão e fricção suficientes para causar desconforto e uma conseqüente necessidade de controle e estruturação das coisas e da vida ao nosso redor. O aspecto fica mais potente e talvez se manifeste de forma não tão negativa porque Saturno está hospedado atualmente na casa de Plutão, e Plutão na de Saturno, ou seja, eles têm alguma afinidade. Um aumento da ambição e do desejo de reformar certas coisas ou situações pode se mover dentro de nós, além do desejo de poder e controle. Se não percebemos a dinâmica que impomos no ambiente a partir dessa tensão interna, podemos evocar oposição ou questionamento de terceiros. É bom ter claras as motivações mais profundas. O Sol quadra Netuno, Vênus quadra Quíron e Mercúrio sesqui-quadra Urano também na quinta, indicando um dia de emoções flutuantes, em que nos sentimos incertos, ora nos afirmando de forma desmesurada, ora quase nos desculpando pela nossa existência. Em alguns momentos o impulso talvez seja mesmo de sumir, porque o mundo parece demasiado sórdido e injusto, e não temos a mínima noção de em quem podemos confiar, já que duvidamos até mesmo de nossas próprias impressões e julgamentos. As car~encias parecem mais agudas do que nunca, nossa fome de amor é infinita, mas temos dificuldade de suprir tais necessidades e carências. Se possível, seria bom não nos comprometermos com muita coisa hoje, talvez sair mais cedo do trabalho, ver o pôr do sol, ver um filme bonito e triste que nos dê a desculpa necessária para nosso choro incontido. Parceiros são aconselhados a pegarem leves um com o outro e novamente evitarem discussões, pois melindrosos como estamos, estamos suscetíveis a ferir e a ser feridos inadvertidamente.

dor do mundo
Desconheço o Autor – Reprodução

Felizmente na SEXTA-FEIRA temos um mínimo de trégua, com a entrada de Mercúrio em Sagitário, obrigando-nos a pôr as coisas em perspectiva e a olhar tudo de ângulos diferentes e mais otimistas. Mercúrio não está muito confortável em Sagitário, pois sendo ele regente da mente racional e do aqui agora, ás vezes ele se perde ou dissipa sua energia com a vastidão de objetivos do Arqueiro, mas sem dúvida, o posicionamento adiciona diversão e leveza, o que é uma mudança e tanto depois da energia densa de Escorpião que permeou nossa mente por tantas semanas. Como se não bastasse, a Lua em Aquário faz oposição a Júpiter, e embora ela se anime um pouco, ali na frente há a quadratura a Saturno, formando uma T-Square. O perigo é a falta de equilíbrio e proporção nas coisas e nas interações, na forma de lidar com nossos próprios sentimentos e necessidades emocionais. Uma hora ficamos hiper expansivos e sociáveis para logo depois recuarmos a uma frieza glacial e desapegada, deixando a todos confusos e incertos quanto ao que esperar de nós, ou então, nós é que somos confundidos pela instabilidade alheia. Melhor não levar nada tão a sério, especialmente não SE levar a sério demais.

945351_576741102370517_694090379_n
Tirado de Open Art Group – Reprodução

O fim de semana chega com a Lua em Peixes conjunta a Netuno no SÁBADO. A Lua ainda quadra Mercúrio, o Sol e Vênus em Sagitário e faz conjunção a Quíron no início da noite, enquanto o próprio Mercúrio quadra Netuno. Tudo isso faz do sábado outro dia choroso, de suscetibilidades difíceis de se conter. Estamos derramados e, feito esponjas psíquicas, entramos em contato com a dor do mundo todo.  Confusos, nostálgicos e saudosos de algo indefinível, nem nos surpreendemos se os céus também resolvem abrir suas compotas e jorrar suas torrentes Terra abaixo – nesse caso o clima só estará combinando com nosso humor instável e nostálgico. “Num dia frio, um bom lugar pra ler um livro” pode fazer milagres pela alma sensível, especialmente se vier acompanhado de um chá ou um cafuné. Os mais criativos, por outro lado, podem se beneficiar grandemente dessas influências, que permitem que ganhemos acesso a outras esferas e dimensões, bebendo de suas fontes e enriquecendo nossa imaginação e inspiração para criar e dar vazão à dor e a toda sensibilidade pelos canais da arte, da escrita, da música… A Influência também é perfeita para as jornadas espirituais, porém deve-se evitar alcóol e substâncias que alteram a consciência de forma geral. 

alan murray
Alan Murray – Reprodução

No DOMINGO a Lua, ainda em Peixes, faz quincunce a Júpiter, sextil a Marte e trígono a Saturno, propiciando um pouco de ancoragem e canal para todo o aguaceiro do sábado. Conseguimos ver as coisas sob uma ótica mais terrena e mais prática, talvez ainda tendo que lidar com alguma insatisfação indefinida, mas já tendo mais compostura para gerir as emoções e sentimentos oceânicos. Domingo à noite a Lua entra em Áries. Subitamente o clima muda e cansamos da pasmaceira, quem sabe até saindo para dançar! O certo é que nos espantamos com o afogamento que vivenciamos, torcemos roupas e centrifugamos a alma para nos liberar de toda a água e principalmente de todo o peso. Agora queremos sair e agitar! É hora de acordar do sono profundo e confuso do fim de semana e despertar para a vida!

Que as inflências Netunianas venham nos ajudar a entrar em contato com nossos sentimentos e vulnerabilidades e que possamos criar tempo e espaço para vivenciar e honrar toda essa sensibilidade.

Linda semana, de radiosa energia para você!

Christian Schloe voyage
Christian Schloe Digital Art – Voyage – Reprodução

A Semana Astrológica – Escolher, equilibrar, relacionar.

sol e lua
Reprodução

Semana de 22 a 28 de setembro

Semana de novos começos, de novos ciclos, que se inicia com o Equinócio da primavera*, com o Sol ingressando em Libra na segunda-feira, às 23h29min. Teremos dias intensos que nos trazem novas perspectivas de expansão e inspiração, algo mais que necessário depois das ultimas semanas de reserva de Virgem. Marte em Sagitário quadra Netuno e Plutão volta ao movimento direto depois de ficar mais de cinco meses retrógrado. Marte também começa a formação de um Grande Trígono em Fogo com Júpiter em Leão e Urano em Áries. O quincunce entre Júpiter e Quíron que vem se armando há muitos dias fica exato.  Mercúrio entra em Escorpião às e já começa a desacelerar, pois entra em movimento retrógrado no dia quatro de outubro às 14h02min, aos 02°18’ de Escorpião. A Lua começa a semana na fase Balsâmica no signo de Virgem. É então nova em Libra e viaja ainda por Escorpião e Sagitário.

Domenique Heidy
Domenique Heidy – Reprodução

A segunda-feira começa sem foco, sob a influência da quadratura Marte-Netuno, que vira depois umaCruz T com a Lua em Virgem se opondo a Netuno. Há grande desmotivação e é preciso combatê-la a todo custo, mesmo que ainda estejamos sangrando por dentro. É preciso também lembrar que embora tenhamos ideais de perfeição, a vida e os seres humanos são imperfeitos e é esta imperfeição que evoca o nosso amor, como diria Campbell. Às 23h29min (02h29min do dia 23 para Portugal) o Sol entra em Libra, marcando o Equinócio da Primavera. Ao adentrar Libra, os objetivos passam de exclusivamente pessoais para sociais e incluímos o outro na nossa visão. Em Libra alcançamos a civilidade máxima, abstraindo-nos e expressando-nos através das artes, da diplomacia, das negociações e dos ideais estéticos. Em Libra aprendemos a escolher, a equilibrar e anos relacionar.

Plutão volta ao movimento direto na terça-feira. Enquanto esteve retrógrado tivemos a chance de revisar em que áreas da vida há a necessidade de transformação profunda, agora estes assuntos que foram revistos voltam à linha de frente para serem elucidados e lidarmos com eles. Na terça a Lua também se opõe a Quíron, faz sextil a Saturno e conjunção a Venus. O dia fica denso e lembramos de novo de nossas imperfeições e incapacidade resolver tudo e curar tudo. Mas isso pode aumentar nossa compaixão e resiliência, se nos dispusermos a olhar para o lado e sair um pouco do eixo do nosso umbigo, percebendo que o mundo e a vida são maiores do que nossas pequenas mediocridades.

A Lua Nova acontece na quarta-feira, no grau um de Libra, inaugurando um novo ciclo que pede negociação, capacidade de decisão e equilíbrio na vida, um ciclo para focarmos em nossos relacionamentos e no balanceamento entre minha vontade e a vontade do outro.

Christian Schloe stardust
Christian Schloe – Stardust – Reprodução

Na quinta-feira a Lua se opõe a Urano em Áries e quadra Plutão em Capricórnio, enquanto Júpiter faz trígono a Urano. As amarras parecerão mais apertadas que nunca e o desejo é dar um basta a tudo o que nos tolhe e controla. O amor à liberdade e a originalidade se expressam de forma irrefreada e é bom ficar atento às novas idéias e insights, porque eles jorrarão por toda a semana!

Sexta-feira é dia de Vênus, que trafega pelo fim de Virgem, ainda em recepção mútua com Mercúrio em Libra (Vênus rege Libra, Mercúrio rege Virgem), porém está sem aspectos a não ser os formados pela Lua, simbolizando um certo isolamento e dificuldade de expressar nossos afetos. A Lua em Escorpião fazendo trígono a Netuno torna tudo mais denso e profundamente sentido, e ainda assim, talvez nos escape o jeito certo de demonstrar o quanto valorizamos aqueles com quem nos importamos.

corpo
Kate Lacour – Reprodução

No sábado a Lua Escorpiana quadra Júpiter em Leão, sinalizando de novo o conflito básico entre buscar a companhia divertida e o afago e a aprovação dos nossos pares ou preservar a necessidade de reserva e a auto-suficiência. Expansão ou contração. Mercúrio entra em Escorpião às 19h40min, já desacelerando em freio motor. A mente fica mais arguta, focada e sagaz, capaz de destrinchar os maiores mistérios e quebra-cabeças intricados.

O domingo fica soturno com a conjunção da Lua e Saturno em Escorpião, propício a investigações incansáveis, conversas metafísicas, atividades que requeiram disciplina, controle e o teste dos próprios limites. Nada muito sociável, porém. Ninguém tem paciência para firulas ou blá-blá-blá inútil, então, melhor fazer valer a pena os compromissos!

Linda semana para você!

* Na semana passada eu me confundi com as datas e movimentos celestes e publiquei que o Equinócio da primavera era no domingo, 21. Eu errei. O correto é 22 de setembro no Brasil e 23 no Hemisfério Norte.

Mercúrio Retrógrado em Escorpião – Confie nos seus Instintos!

IMG_0451 - Cópia
Arte e fotografia: Maria Eunice Sousa

Mercúrio está retrógrado em Escorpião desde o dia 21 de outubro e ficará neste movimento até o dia 10 de novembro. Até lá temos muito que mergulhar nas profundezas obscuras de nossa mente e nossa alma.

Mercúrio fica retrógrado três vezes por ano e isso é um fato até corriqueiro, então porque este Mercúrio retrógrado é tão importante? Porque faz parte de todo um cenário maior de configurações no céu atual, funcionando como gatilho, ou melhor, como o bom mensageiro que é, de tudo o que precisa ser anunciado, comunicado, conectado e mentalmente processado , daquilo que os símbolos querem dizer, das mensagens que os deuses (planetas) querem nos enviar neste momento em particular da vida na terra (para saber mais sobre Mercúrio em Astrologia, clique aqui).

O período de 27 de agosto (Marte entrou em Virgem) até o fim de novembro (Mercúrio volta ao grau 18 de Escorpião, onde estacionou pela primeira vez, no dia 27 de novembro) é muito tenso, mas cheio de potenciais de mudança e de transformação. Veja as configurações presentes no céu atual que fazem você sentir de forma inequívoca porque esse momento é tão importante:

  • Urano e Plutão, que estão em quadratura no céu desde 2010 e ficarão até 2015, têm esse aspecto exato pela quarta vez no dia primeiro de novembro. Urano e Plutão nos dizem que precisamos fazer escolhas já!

    herme
    Hermes – reprodução a partir de Google Imagens
  • No domingo, dia 3, há um eclipse do Sol (total em algumas regiões, parcial em outras) durante a Lua Nova em Escorpião e no dia 18 de outubro já houve um eclipse parcial da Lua. A Dra. Bernadette Brady, astróloga inglesa mundialmente conhecida, diz que esses dois eclipses simbolizam a liberação de material inconsciente que está pronto para vir à luz na psique, então, estejamos prontos para agir sobre os insights poderosos que tivermos neste período.
  • Urano é o ponto focal de uma configuração chamada Dedo de Deus, recebendo grande pressão de Marte em Virgem e do sol em Escorpião. Queremos e ansiamos por mudança e se nos alinhamos com a verdade interna, nossa abertura pode reverberar no coletivo de forma positiva. Para isso é preciso ter coragem e confiar na sabedoria instintiva.
  • Mercúrio trafega por três vezes diversas o Nodo Lunar Norte e Saturno em Escorpião.
  • Esse período de retrogradação de Mercúrio começa a nos preparar para outra retrogradação importante, de Vênus em Capricórnio, em 21 de dezembro.
dorina costras
Dorina Costas, artista romena – Reprodução da fanpge Open Art Group

Acredito que o fato de o movimento retrógrado de Mercúrio acontecer periodicamente apresenta um valor em si mesmo, sinalizando exatamente a necessidade de nos voltarmos para seus assuntos de tempos em tempos, coincidente com a necessidade que todos temos de regularmente tirar um tempo para nós, para “botar a cabeça no lugar” e avaliar como andam nossas decisões, o equilíbrio entre o falar e o agir (Mercúrio-Marte) o equilíbrio entre pensamento e sentimento (Mercúrio-Lua), a quantas anda a comunicação em nossos relacionamentos (Mercúrio-Vênus), ou mesmo nossa comunicação no meio social (Mercúrio-Júpiter-Saturno). Então, ao invés de temer os períodos de retrogradação e vê-los como nefastos, melhor seria tirarmos proveito desse tempo para revermos o caminho trilhado até então, para fazermos os ajustes que se mostrarem necessários em nossa caminhada. O elemento e signo em que se dá essa retrogradação também são fundamentais para se entender os temas e simbolismos ativados.

Como tudo em Astrologia e na vida, Mercúrio também tem seus ciclos, que são de 6, 7, de 13  e o Grande Ciclo de 46 anos. O ciclo de 6, 7 e 13 anos marcam o ciclo de Mercúrio retrógrado nos elementos, já o de 46 marca a volta de Mercúrio retrógrado à região exata do signo em questão. Então, a cada seis ou sete anos Mercúrio faz três ou quatro retrogradações sucessivas num mesmo elemento, chamando a atenção para as questões daquele elemento, para que nos debrucemos sobre elas de forma mais cuidadosa. Assim, com retrogradação no elemento Ar nos a parada reflexiva é sobre nossos relacionamentos do ponto de vista intelectual, nossa necessidade de interação social e as questões da mente lógica; no elemento Fogo, revemos os assuntos do espírito, da fé, da intuição e do nosso olhar para o futuro; no elemento Terra, nos concentramos sobre a materialidade e revisamos decisões anteriores concernentes ao universo manifesto e concreto; e, finalmente, com Mercúrio retrógrado no elemento Água, voltamo-nos para as trocas afetivas e sentimentais, para a forma como lidamos com nossos sentimentos.

Erika Craig Open
Ericka Craig, artista americana – Reprodução da fanpage Open Art Group

Os últimos quatro períodos de retrogradação de Mercúrio se deram no elemento Água (6-26 de novembro de 2012, 23 de fevereiro a 19 de março, 26 de junho a 20 de julho e 21 de outubro a 10 de novembro de 2013) e como nada na vida e em Astrologia é por acaso, isso também não é. Mercúrio retrógrado em Água vem enfatizar os trânsitos de Saturno por Escorpião, Júpiter em Câncer e Netuno e Quíron em Peixes, tendo inclusive feito parte do Grande Trígono em Água Júpiter-Saturno-Netuno em junho e julho.

Mergulho
Reprodução de Google Imagens

Com Mercúrio retrógrado em Água mergulhamos dentro de nós mesmo – nossa mente volta-se para dentro, confrontando nossos sentimentos e as escolhas que foram feitas a partir deles, ao invés das escolhas meramente racionais; somos confrontados na forma como processamos e expressamos nossos sentimentos e como balanceamos os lados razão e coração ou ainda nosso lado mais racional e lógico e nossas facetas irracionais e instintivas. Durante estes períodos, fica difícil separar análises lógicas de instintos ou de sensações que nos chegam não sabemos de onde.

E agora, especificamente, Mercúrio fica retrógrado em Escorpião de 21 de outubro a 10 de novembro. Estacionou no grau 18 e voltará até o grau 2, quando então ficará em trígono exato mais uma vez (um aspecto considerado benéfico), com Netuno em Peixes. Durante esse longo mergulho para as profundezas obscuras, ele se encontrará com Saturno, com o Nodo Lunar Norte e com o Sol, que também trafega Escorpião. Por isso essa retrogradação é tão importante. Mercúrio já tinha se encontrado com Saturno no dia oito de outubro, no grau 10 de Escorpião. No seu caminho de volta, topou com ele de novo no dia 29, no grau 13 e o encontrará mais uma vez no dia 25 de novembro. Além disso, Mercúrio encontra também por três vezes o Nodo Norte Lunar, um ponto transformativo, que nos aponta a direção de vida. Ora, o que significa tudo isso? Uma ênfase gritante nos temas de Saturno em Escorpião! E quais são eles? O medo da intimidade, a dificuldade de nos entregarmos àquilo que de fato nos apaixona na vida, a responsabilidade por nossas paixões, a responsabilidade pela nossa independência emocional, a honestidade brutal nas trocas afetivas, estoicismo emocional motivado pelo instinto de sobrevivência e de auto-preservação. Saturno em Escorpião fala principalmente de purgação e da eliminação do obsoleto em nossa vida, principalmente nas questões emocionais e nos relacionamentos. Ele exige que nos desfaçamos das couraças e peles que já não nos suportam, e até impedem nosso contínuo crescimento e que criemos espaço e oportunidades para que esse desenvolvimento aconteça em nossa vida. Com Mercúrio trafegando Saturno três vezes consecutivas, essa lição de casa torna-se premente e urgente: precisamos mais do que nunca faxinar os recônditos de nossa mente, jogando fora pensamentos, formas de comunicação, formas de pensar e de ver o mundo que não servem mais.

JONAS
Reprodução a partir de Google Imagens

Esse trabalho certamente não é simples, nem fácil e não ocorre sem dor. Se você observar as datas acima que pontuam os últimos períodos de retrogradação de Mercúrio, verá que foram épocas cruciais de alguma forma, em que as dificuldades concentraram-se em situações específicas de vida. Como última retrogradação em Água deste ciclo (em 2014 Mercúrio ainda retrograda em Peixes, mas o período mais longo já ocorre em Aquário, abrindo o novo ciclo de Ar), a lição de casa é exigida por inteiro e aquilo do qual não nos desprendemos e desapegamos em Junho e Março, nos será arrancado agora sem dó nem piedade. É isso ou estamos fadados a entrar no próximo ciclo de forma capenga, atrelados a coisas que não funcionam de forma eficiente e da qual não conseguimos mais nos livrar. Então, o que é melhor? Certamente permitir que a limpeza ocorra! Como se põe móveis novos numa casa cheia de entulho? É óbvio, é preciso primeiro limpar o entulho para que o novo possa entrar. Da mesma forma, é preciso purgar e purificar nossos pensamentos a respeito de relacionamentos, sentimentos, sexo, morte, poder, controle, paixão…

Sobretudo, é preciso se livrar do medo. O medo é paralisante e obsessivo, assim como demonstrado pelo Pendurado, nas cartas do Tarô. Sentimos uma pressão enorme, interna e externa. Intuímos que algo está acontecendo, embora nem sempre seja claro o quê. Vemos nosso mundo desabando de diversas maneiras e quando vamos nos queixar com nosso amigo ou  conhecidos, nos damos conta de que não é somente nosso mundinho particular, de que se olharmos para além do nosso umbigo, veremos que o mundo todo, com suas verdades antes tão “sólidas”, parece se desintegrar diante de nossos olhos. Estamos todos no mesmo barco, que em muitos momentos parece à deriva. Diante de tudo isso temos medo e tendemos a nos agarrar ao que é seguro e conhecido, perdendo a oportunidade de nos entregarmos ao momento poderoso de mudança e transformação. É preciso, pois, ter coragem. E fé. Saturno exige que fechemos os olhos para as “verdades” vomitadas sobre nossas cabeças pelo mundo, pelos outros, e nos alinhemos com nossa verdade interior, e a luz dessa verdade interna, que é o Self, nos guiará. Por mais que isso pareça irracional, é preciso confiar no instinto.

Alicia monks_ Hiperrealista_Open
Alicia Monks, artista Hiperrealista – Reprodução a partir da fanpage Open Art Group

No momento, tudo parece sombrio, obscuro, e paralisado, pois as águas de Escorpião são escuras e paradas. Acredito que só teremos verdadeira clareza do significado deste ciclo e de toda a transformação interior, assim como das mudanças externas, quando entrarmos no próximo ciclo de Mercúrio, que será de AR, e que nos propiciará o distanciamento necessário para processarmos, aí sim, racionalmente, esse tempo tão difícil, tempestuoso, inquieto, cheio de incerteza e temor, mas também profundamente rico e único em nossa história pessoal e coletiva. Até lá, é respirar fundo e mergulhar, seguindo em frente mesmo quando as águas parecerem escuras demais para divisar o que está à nossa frente, usando neste caso, a sabedoria instintiva, onde o racional não alcança.

ettore aldo vigo
Ettore Algo Vigo – Reprodução a partir da fanpage Open Art Group

Nota 1:

Outra coisa importante: temos influências paradoxais exercendo forças em nossa psique: de um lado Urano-Plutão exigem decisões e escolhas sem demora, para ontem; de outro Mercúrio retrógrado conjunto em Escorpião recomenda que tenhamos cuidado com tudo o que dizemos e fazemos, pois pode não haver jeito de voltar atrás. É preciso cuidado e muito alinhamento interno para diferenciar o momento certo de agir e o momento adequado de falar. Há coisas que vão ficar no fundo de nossa mente, indo e voltando por todas essas semanas, mas tão logo estejam prontas para vir à luz, elas se apresentarão de forma límpida e transparente, e, de forma contundente, teremos certeza que é chegada a hora de agir. isso provavelmente se dará depois que Mercúrio voltar ao movimento direto, e mais ainda quando ultrapassar o grau 18 de Escorpião, no dia 26 de Novembro. Até lá, fique 100% atento aos seus rítmos internos.

Nota 2: Em termos práticos, pelo fato de Mercúrio  encontrar-se com Saturno, é altamente recomendável que se faça back-ups nos computadores, que se cheque duas ou três vezes os documentos, que se averigue bagagens e apetrechos de viagem duplamente, e que se evite assinaturas de novos contratos, pois não há clareza suficiente para as necessárias análises. É  momento de deixar ir e não de adquirir.