Archive | agosto 2014

Sol em Virgem Oposição a Netuno em Peixes: o pior cego é aquele que não quer ver!

vivendo com netuno

Luciano Fiore – Reprodução

O sol em Virgem está em oposição a Netuno em Peixes. A névoa e a neblina estão mais densas do que nunca e véus cobrem os olhos, impedindo a visão e atrapalhando o rumo. Andamos irritados, inseguros, incertos. Mas é hora de olhar para dentro e perceber que a irritação vem das mentiras que contamos para nós mesmos, dos engodos e trapaças nos quais nos permitimos cair para fugir da solidão e da sensação de separação e isolamento. Cedemos e nos espatifamos contra o espelho quebrado de nossas ilusões. “O maior cego é aquele que não quer ver” diz o ditado.

Conte-me mentiras douradas porque estou farto da realidade cinzenta! É dura por demais e eu preciso de glamour, de sonho e de fantasia. Preciso escapar da feiúra da minha rotina diária; da sordidez do banheiro sujo, da chatice das contas a pagar, da mesquinharia da geladeira vazia, da visão horrenda da pia cheia de louças, da mesmice do trabalho diário, da previsibilidade do parceiro e seu pijama velho e meio roto… Salve-me da banalidade que ameaça me engolir e desaparecer comigo no buraco negro do anonimato dos dias… Não quero ver! Não quero ver!
Voluntariamente ponho as vendas que me salvam do comum e do banal, da verdade nua e crua, de ver os estilhaços das minhas frágeis fantasias.

Que mentiras você tem contado a si mesmo para suportar a mesmice dos dias e a banalidade da vida comum? Que escapes tem utilizado para fugir de verdades desconcertantes? Que ilusões tem se permitido alimentar na esperança vã de algo magicamente vá mudar sem esforço? Que pactos fraudulentos e não verbais tem feito com outros para evitar o enfrentamento de situações que não se sustentam mais? Com que engodos tem compactuado em nome da manutenção de uma inocência ingênua e tola?

Com Sol e Netuno nessa dança hipnótica precisamos nos fazer estas perguntas inconvenientes. Por mais que tentemos nos manter numa redoma, protegidos e alienados da verdade, Marte e Saturno não permitirão, porque seu trabalho é nos obrigar a olhar, mesmo que preferíssemos continuar na ilusão. E se insistirmos, a rebordosa e a ressaca serão muito piores mais tarde e será ainda mais difícil lidar com os estragos e prejuízos.

Ceder ao “me engana que eu gosto” e embarcar nesse jogo de enganos é profundamente tentador, e, como o olhar hipnótico do ilusionista, pode ser difícil de resistir. Mas o preço a pagar pode ser alto demais!

Lua Nova em Virgem: Que do Caos Nasçam Estrelas!

lua nova eldenUm novo ciclo se iniciou com a Lua Nova em Virgem de hoje, (25 de agosto de 2014, 11h12min, hora de Brasília), um ciclo que divide o ano astrológico ao meio e exatamente por isso, é um momento propício a uma parada reflexiva para avaliações e ajustes quanto a ciclos maiores em andamento, como o ano, por exemplo. Renovação de ciclos pede renovação de idéias, de propósitos, de objetivos. Às vezes é o caso de reiterar objetivos que já estão em desenvolvimento, mas ainda assim, é preciso parar e analisar o que está funcionando e o que precisa ser mudado.

Situado na metade do zodíaco, não é à toa que Virgem seja um signo tão analítico e ponderativo. Virgem é o signo da discriminação, da seleção, mensura e classificação após longa análise dos dados em questão. Virgem é ainda o signo do método, da habilidade levada à perfeição, do artesão que burila sua obra com riqueza de detalhes. Escrupuloso e meticuloso, Virgem cuida para que tudo esteja sempre funcionando bem, a exemplo de Vesta e suas sacerdotisas vestais, responsáveis pelo fogo sagrado, que não devia nunca se apagar. Humildade, modéstia e serviço figuram também como características deste signo.Lua Nova Virgem 2014

Contudo, embora seja necessária, a faculdade analítica não está especialmente favorecida neste ciclo. Isso porque o período se inicia com a ausência completa do elemento Ar, o elemento relacionado ao pensamento e ao raciocínio lógico. Mais ainda, Mercúrio, o planeta associado à mente e aos processos mentais – e regente de Virgem, por conseguinte da Lua Nova – está “enroscado” com as dores de Quíron em Peixes, através de uma oposição, o que a princípio compromete sua atuação. Mas vamos ver isso com mais cuidado.

O mapa da Lua Nova mostra, de fato, que não há nenhum planeta em Ar. Há falta de objetividade, de lógica. Os planetas em Virgem poderiam compensar, até certo ponto, tal falta de Ar se não estivessem, eles mesmos, com certas dificuldades. Mas vamos deixar os planetas em Virgem para o final, porque há outros aspectos no mapa da Lua Nova sinalizando um ciclo intenso pela frente: hoje fica exata a conjunção de Marte e Saturno em Escorpião (16h10min). Marte conjunto a Saturno fala de dificuldade em expressar a energia da ação e da vontade no mundo. Diz-se deste aspecto que é semelhante a “dirigir o carro com o freio de mão puxado”; toda vez que o ímpeto da vontade tenta se expressar, há uma insegurança quanto à sua legitimidade, e quanto à nossa capacidade de executá-la, porque a liberação da energia fica como que “emperrada”, tornando isso um problema a ser vivenciado vida afora, o que gerará muitos “falsos começos” e muita frustração até que o indivíduo aprenda a lidar com isso e usar o aspecto a seu favor, tirando dele as qualidades da disciplina, perseverança, tenacidade e paciência. A conjunção Marte-Saturno adiciona, pois, a este ciclo, um gosto de frustração e de energia represada, mas se soubermos utilizá-la, com paciência, pode revelar-se uma bela arma na hora que precisarmos de perseverança, estratégia, força, coragem e estamina para o trabalho duro que temos pela frente.CABE_A_NA_PAREDE

 

Outro aspecto que se fez exato hoje foi o trígono de Vênus em Leão – ainda separando-se da conjunção com Júpiter – a Urano em Áries (06h37min), sugerindo um período para se valorizar a intuição, a liberdade e a independência, além da inventividade e do desapego e de que demos também a outros a liberdade de serem eles mesmos. Vênus também quadra a conjunção Marte-Saturno, simbolizando falta de paciência, irritabilidade e dificuldades nos relacionamentos, especialmente os afetivos. A auto-estima sofre neste período e temos dúvidas sobre nosso valor e sobre o afeto dos outros.

Urano é foco de um Yod, recebendo quincunces de Mercúrio em Virgem e de Marte-Saturno em Escorpião. Isso complica um pouco mais a situação de Marte, porque a liberação de energia fica ainda mais complexa e irregular: Saturno retranca e Urano exige soltura, mas sendo um quincunce, isso se dá de forma errática, potencializando a qualidade de imprevisibilidade de Urano. Pondo tudo junto, é preciso cuidado com acidentes em geral, especialmente os de trabalho, causados por fadiga ou frustração, ou ainda pressa e sobrecarga de trabalho. Acidentes envolvendo energia elétrica ou materiais tóxicos ou nucleares também são possíveis. Com Urano como foco desse Yod é preciso atentar para, na busca por liberdade e originalidade, não nos tornarmos excessivamente radicais e excêntricos – por mais libertários que sejamos, ainda precisamos conviver em sociedade, e esse é um dos conflitos que precisamos mediar dentro de nós.73201_491281227583172_1843547336_n

Por fim, voltemos a Virgem. Lua e Sol estão conjuntos em Virgem, como é característico da Lua Nova e estão em oposição a Netuno em Peixes, simbolizando que além da capacidade analítica e cerebral, outras qualidades Virginianas como eficiência, diligência e precisão também ficam comprometidas, porque Netuno confunde tudo com sua névoa enganadora e se não tomamos cuidados, somos levados pela enxurrada em direção ao caos. Mercúrio está em Virgem, signo de sua regência, mas não está na sua melhor forma porque se opõe a Quíron. A mente pode se perder em elucubrações ilusórias, pode se prender a dores e situações passadas que confundem e paralisam, a não ser que resolvamos utilizar tais experiências e dores antigas para ajudar e nos colocar a serviço (Virgem) de outros que também sofrem (Quíron Peixes) – até porque Mercúrio-Quíron indica grande poder de cura pelas mãos.jonathan-andrew-blue-fog-and-jetty

Assim, com esta ênfase em Virgem, mais Marte abraçado a Saturno, Vênus de conversa com Urano, e Lua-Sol em oposição a Netuno, iniciamos um ciclo em que precisamos ser mais independentes, donos de nós mesmos, buscando cada vez mais integridade interior e honestidade em nossos negócios mundanos, além de respeito às liberdades e limites alheios, como também aos nossos. Precisamos também nos armar de paciência e disciplina para lidar com as frustrações e imprevistos com os quais iremos nos deparar, permanecendo abertos à intuição que talvez nos traga soluções improváveis e não cogitadas para aquele problema que nos tira o sono.

NetunoPrecisamos cuidar também da propensão ao auto-engano, a nos iludirmos, a nos deixarmos ludibriar por mentiras, brancas ou obscuras, situações nebulosas e cheias de vieses manipulativos. Romantismo, nostalgia ou enganos e desejos escapistas (atenção com álcool e drogas!) também se fazem presentes neste período. No meio de tudo isso,
prepararmo-nos para a possibilidade de as coisas saírem do controle e, ao invés de nos desesperarmos por causa disso, usar a situação para ser criativos. Com a falta de Ar e com Netuno tão ativo neste ciclo, é melhor esquecer a idéia de controle rígido, de que tudo tem que estar super organizado e meticuloso, porque a mente está tudo, menos clara e objetiva. Nosso lado Virginiano precisará aprender neste ciclo a fazer as pazes com o caos, a perceber seu valor e riqueza e a tirar proveito dele, sendo criativos, imaginativos, solidários, compassivos, artísticos e até mesmo, em algumas situações, deixar-nos levar pela correnteza, que tem sua própria sabedoria e ritmo. Netuno engana, ilude, escamoteia, põe véus, tira véus, afoga, embebeda, seduz, apaixona, mistifica, dissolve, redime, subverte a realidade, propõe outras mais sãs ou ainda mais absurdas… Com Netuno nunca sabemos onde de fato estamos e quanto mais tentamos nos apegar e controlar, mais enredados e afogados ficamos em suas águas. Assim, é melhor relaxar e flutuar, e tentar finalmente perceber, que mensagens nos escaparam enquanto tentávamos, tão loucamente, sobreviver e controlar a existência diária.

sao_miguelO Símbolo Sabiano para o grau da Lua Nova vem trazer bons augúrios: “Dois anjos trazendo proteção”. Grau auspicioso que indica que nem tudo está perdido e que talvez tenhamos a proteção necessária, proteção até de nós mesmos no meio do caos!

Então, neste ciclo Virginiano, analisemos, critiquemos e ponderemos em que ponto estamos com nossos propósitos. Separemos o que funciona do que não serve mais e toquemos em frente, mas por mais Virginianos que tentemos ser, estejamos cientes de que mesmo que queiramos, não podemos controlar tudo. Cortejemos o caos, no nosso dia-a-dia, trazendo magia para nossa rotina que esteja meio sem graça; achando tempo na vígilia, para dar atenção aos sonhos noturnos e suas mensagens oníricas; parando um minuto que seja para admirar a beleza de tirar o fôlego de um pôr do sol; ou para se permitir sentir aquela nostalgia doída da saudade de coisas que não voltam… Cortejemos o caos, antes que ele nos pegue de surpresa. Como diz o Osho, “criemos o caos, porque é no caos que nascem as estrelas”. Permitamos que Netuno se expresse de forma ativa e engajemo-nos com ele pela arte, pelo cinema, pela espiritualidade, pela compaixão, pelo serviço e pela espiritualidade. E confiemos  na proteção dos anjos e na sabedoria das águas da vida, que suave ou intempestivamente, nos levam aonde devemos chegar. E que deste caos, possam nascer muitas e muitas novas estrelas!

<

p style=”text-align:center;”>Ótimo ciclo para você!

 

hs-2009-25-q-1280x800_wallpaper

 

A Semana Astrológica: Reavaliar para Renovar!

luaminguante_thumbSemana de 18 a 24 de Agosto

Adentramos mais uma semana bastante tensa e complicada. A Lua está minguante, dando à semana um tom mais introspectivo, de análise e de retração. Apesar disso, de modo geral há um clima de expectativa e ansiedade, em que sentimos a apreensão crescer e se acumular, mas o pico e liberação de tal tensão só ocorrem na segunda-feira da semana que vem, no dia da Lua Nova em Virgem. Estamos na fase minguante da Lua, reavaliando as realizações do ciclo para renovarmos objetivos e propósitos. Nesta fase a Lua viaja lentamente por Gêmeos, Câncer e Leão.

O Sol despede-se de seus domínios Leoninos e entra Virgem no sábado, 24. Mercúrio em Virgem se opõe a Netuno em Peixes, faz trígono a Plutão em Capricórnio e depois se opõe também a Quíron. Vênus em Leão inicia a semana conjunta a Júpiter e ainda em quincunce a Netuno; faz quincunce também a Plutão a se aproxima da quadratura a Marte e Saturno em Escorpião e do trígono a Urano em Áries, aspectos que ficam exatos somente na semana que vem, mas que já são sentidos desde agora. Outro que começa a se harmonizar com Urano através de um trígono é Júpiter. Mas a tensão da semana vem mesmo é da conjunção de Marte a Saturno em Escorpião, que gera retração em várias esferas, mesmo o aspecto ficando exato somente na segunda-feira, 25. Nesta semana Marte ainda faz quincunce a Urano no sábado. Outra fonte de tensão vem dos vários quincunces e dos dois Yods que ficam formados durante vários dias, entre Netuno e Plutão com Júpiter de foco e entre Quíron e Plutão com Vênus como ponto convergente da configuração. A Lua Minguante faz aspectos diversos e também forma configurações tensas e outras mais harmoniosas.

A segunda-feira começa festiva e animada com a conjunção de Vênus e Júpiter em Leão, sentimo-nos otimistas e poderosos, confiantes. Mesmo assim, é preciso um pouco de cautela, pois a Lua Minguante em Gêmeos, torna-se foco de uma Cruz T ao quadrar Mercúrio em Virgem e Netuno em Peixes, que estão em oposição. Dia sujeito a muitos imbróglios na comunicação, a equívocos, confusões, provavelmente causados por excesso de entusiasmo e exageros verbais. Possível dispersão de energia.

mercurio fragmentadoNa terça, a oposição entre Mercúrio e Netuno fica exata e as idéias ficam para lá de embaralhadas, tipo sopa de letrinhas inundando a mente. É preciso ficar atento com enganos e deslizes na comunicação. Para completar, a Lua quadra Quíron e harmoniza-se com Urano em Áries. Junto com Urano ela pressiona primeiro Marte, depois Saturno em Escorpião. Conflitos entre o senso de dever e responsabilidade e a vontade de chutar o pau da barraca, que fica pior porque não é algo claro e frontal, pelo contrário, são dúvidas que não se mostram em cheio, que irritam e que podem nos fazer entornar o caldo a qualquer momento. Melhor manter em cheque o leque de frustrações.

Quarta-feira é um dia super intenso, o dia em que Dona Lua faz seu último contato com o Sol neste ciclo, um sextil. Neste dia a Lua faz-se crucial na formação de várias configurações: faz um Grande Trígono em Água com Netuno e Marte, que vira depois uma configuração “Envelope” envolvendo Mercúrio, Netuno, Plutão e Marte, além de duas Pipas, uma com Mercúrio de foco, e a outra com Plutão na posição chave. A Lua também inicia, à noite, uma Cruz T Com Urano-Plutão. Estas configurações ficam ativas ainda por boa parte da quinta-feira, com a adição de Saturno e de Quíron no Grande Trígono de Água, e com a exatidão do trígono entre Mercúrio e Plutão, tornando este dia igualmente dinâmico e intenso, mas a mente tem mais clareza e objetividade. A Lua torna-se Balsâmica e apesar de a tensão continuar e ser hoje bem aguda, talvez encontremos pistas e saídas sobre como lidar com ela ou como descarregá-la de forma segura, sem machucar nem a nós nem a outros. Talvez possamos achar maneiras de comunicar  o que se passa sem culpar aos outros e sem fazer acusações injustas.

Dariusz Milinski - faceSexta-feira a oposição Mercúrio- Quíron já se faz sentir. Mercúrio alinha-se também com Marte e Saturno e forma um Yod contra Urano. Neste dia Vênus em quincunce a Plutão e Quíron vira foco de outro Yod, enquanto Júpiter recebe a pressão de Plutão e Netuno. O dia fica bastante errático, caótico e propenso a muitos imprevistos e desfechos improváveis em diversas áreas e assuntos. Possibilidade de compensarmos a tensão com gastos desnecessários. O senso de proporção fica comprometido e oscilamos entre o tudo e o nada. A comunicação também está causticante e a língua pode causar prejuízos ao dizermos coisas impensadas que causam situações sem volta. É preciso respirar fundo e predispor-se a fazer os ajustes necessários.

No sábado o Sol entra em Virgem e a Lua Balsâmica se anima um pouco ao encontrar com Vênus e Júpiter em Leão. Mas entre sábado e domingo ela também entra na dança dos Yods, além de quadrar Marte-Saturno. No fim de semana também ficam exatos os quincunces de Mercúrio-urano e Marte-Urano, tornando este um fim de semana particularmente tenso, difícil e sujeito a muitos arranhões e machucados. É preciso presença de espírito, cabeça fria e principalmente estar flexível e aberto a mudanças de planos e a imprevistos de todo o tipo. Pode fazer muita diferença também manter um senso de perspectiva quando a situação parecer estar a ponto de “ferver”. Sempre vale lembrar: não é o fim do mundo e se Deus quiser sobreviveremos a isto também, mais fortes e mais resilientes!

Boa semana para você!

caminho

A Semana Astrológica – Tempo de "Divar"!

ferdinand loyen du puigaudeau

Ferdinand Loyen du Puigaudeau – Reprodução

Semana de 11 a 17 de agosto 

Semana nova começando e aproveito para me desculpar com os leitores por não postar  A Semana Astrológica nos últimos 15 dias. Tirei umas férias rápidas e achei que conseguiria manter os posts atualizados, mas não foi possível. Agradeço a compreensão 🙂

Nesta semana de Lua Cheia temos Vênus entrando em Leão na terça-feira, favorecendo deveras a vida dos leoninos, já que teremos então os dois “Benéficos”, Júpiter e Vênus, neste signo. Além de Vênus, quem também muda de signo é Mercúrio, que se faz confortável em seus domínios virginianos. Além disso, nesta semana temos Marte em Escorpião em harmonia com Plutão em Capricórnio sugerindo um período favorável a empreitadas e conquistas, ao mesmo tempo em que se aproxima da conjunção a Saturno. Mas há também muitos quincunces, tornando a semana um tanto irritante e complicada. Netuno recebe quincunce primeiro de Júpiter, depois de Vênus; o Sol ainda está em quincunce a Quíron na segunda-feira; Saturno e Urano continuam a irritar-se mutuamente através deste mesmo aspecto; e ainda tem os quincunces formados pela Lua a diversos planetas, conforme viaja na fase cheia pelos signos de Aquário, Peixes, Áries, Touro e Gêmeos, onde entra já no domingo à noite. A Lua também entra na fase minguante no domingo.

Segunda-feira é um dia pouco prático, que começa com a Lua vazia em Aquário. Pelo meio da manhã a Lua entra em Peixes e une-se a Netuno, tornando o dia um tanto confuso e fantasioso. Nossas barreiras e limites são dissolvidos e sentimo-nos vulneráveis e expostos. Por outro lado, o dia é ótimo para empreitadas artísticas e criativas, já que a imaginação está borbulhante e muito vívida! A intuição também está afiada!

Mata-Hari-greta-garbo-4277657-700-480

Greta Garbo, que tinha Vênus em Leão, como Mata-Hari – Reprodução

Terça-feira, 12 de agosto (parabéns para mim! 😀 ), Vênus entra em Leão às 04h24min – Vênus atualmente aparece como Estrela Dalva, a Estrela da Manhã, nascendo antes do Sol. Vênus em Leão é a própria Diva glamorosa, poderosa e fulgurante, portanto, é tempo de “divar” por aí. A Lua faz conjunção a Quíron, sextil a Plutão e trígono a Saturno, ficando vazia a partir das 13 horas, tornando a tarde meio dolorosa, improdutiva e lenta, a não ser que sigamos a rotina sem grandes invencionices.

 

Greta-Garbo_54352843224_54028874188_960_639

Greta Garbo – Reprodução

Na quarta-feira a Lua entra em Áries às 10 da manhã, afinando-se imediatamente com Vênus e Júpiter em Leão, o que faz deste um dia alegre, feliz e propenso a muitas benesses. Dia expansivo e favorável a socializações em geral, a negociações e à busca de maior prosperidade. Dia que flui de maneira entusiasmada!

A conjunção Lua-Urano marca a quinta-feira, colorindo-a de novidade e de surpresas. Como a Lua também quadra Plutão, convém botar as barbas de molho porque as cabeças ficam bem esquentadas, e apesar de dinâmico, o dia fica propenso a bate-bocas e a decisões impetuosas, realçadas pelo fato de Mercúrio estar no último grau de Leão, um grau crítico. Ou seja, dia impaciente em que precisamos ficar atentos aos destemperos nossos ou alheios. Mesmo assim, o dia é bastante produtivo e favorável ao trabalho e à resolução de problemas.

van gogh bulb field

Van Gogh – Bulb field – Reprodução

A Lua principia a sexta-feira super animada, ainda em Áries e exalta-se em Touro a partir das 12h58min. Logo depois Mercúrio ingressa em Virgem às 13h44min. Na sexta também fica exato o sextil entre Marte e Plutão, tornando o dia vigoroso e indicado para atividades que requeiram energia, atitude, robustez e determinação. O quincunce entre Júpiter e netuno, porém, sugere cautela nas avaliações que porventura precisemos fazer. Começamos algo super animados e depois quedamos incertos se vale a pena continuar ou se avaliamos a empreitada equivocadamente. Mercúrio em Virgem talvez nos ajude, permitindo que nos tornemos mais críticos e analíticos, ao invés de emocionais e impulsivos como acontece com este planeta em Leão. A Lua em Touro quadra Vênus e Júpiter, sugerindo cautela quanto aos excessos. Ainda assim, o dia é favorável para recuperar o atraso que porventura tenha ocorrido no inicio da semana.

No fim de semana a Lua Taurina confronta-se com Marte e Saturno em Escorpião no sábado, tornando este dia difícil socialmente, mas indicado a atividades que requeiram esforço físico e isolamento. Concentração e estudos estão beneficiados.

No domingo A Lua entra na fase minguante ao fazer quadratura ao Sol em Leão. Fica vazia às 09h27min e entra em Gêmeos às 19h42min. No domingo ocorre também o quincunce entre Vênus e Netuno. Não sabemos direito por que, mas o fato é que ficamos inseguros e nossas expectativas revelam-se altas demais ou falsas. Pegamo-nos suspirando pelos cantos, receosos de admitir, até para nós mesmos, a grandiloqüência de nossos sonhos. A incerteza de nossos sentimentos deixa-nos confusos e provoca desentendimentos nas relações, alimentados ainda mais pelas expectativas irreais de um ou de outro. Se não quisermos que o fim de semana azede, é melhor pôr em cheque tudo isso antes de confrontar ao outro por causa de dramas criadas por nós mesmos criados.

Ótima semana para você!

Albert Bierstadt,

Albert Bierstadt – Reprodução

Lua Cheia em Aquário – Unindo o Velho e o Novo!

superluaO ciclo iniciado com a belíssima Lua Nova de Leão do dia 26 de julho tem seu ápice hoje, 10 de agosto, às 15h09min, com a Lua Cheia em Aquário, que, por estar a Lua em seu perigeu, o ponto mais próximo da Terra, é também uma Super Lua.

Se na Lua Nova tínhamos enfatizada a quadratura Marte-Júpiter, nesta Lua cheia o destaque é a relação Saturno-Urano, que estão em quincunce há vários dias e estão ambos em aspectos próximos ao Sol e à Lua.

Na verdade, essa Lua Cheia é a culminação não somente do ciclo, mas também dos temas relativos à quadratura Sol-Saturno que se desenhou durante toda a semana. O Sol em Leão está em quadratura a Saturno em Escorpião e em quincunce a Quíron em Peixes, simbolizando conflitos com figuras de autoridade, e particularmente, tensões com o pai, manifestadas através de batalhas de vontades ou mesmo uma lesão grave na auto-estima, no senso de valor próprio. Conflito também entre o velho e o novo, tradição e inovação, já que o Sol também está em aspecto próximo a Urano em Áries.

saco de luxo

Com a Lua Nova de Leão as qualidades da liderança, da singularidade individual, do senso de ser especial e único foram especialmente realçadas. Agora, em Aquário, a Lua Cheia vem nos lembrar que “eu” não estou sozinho e que há uma comunidade ao meu redor que precisa ser vista, reconhecida e respeitada, pois estou inserido nela e dela dependo de alguma maneira. A Lua, além de estar oposta ao Sol – que é o que caracteriza a Lua Cheia – também quadra Saturno e faz sextil a Urano. Mais, a Lua é a grande vedete não só por estar cheia, mas porque é o único ponto em Ar, peso ainda maior quando lembramos que na Lua Nova não havia nenhum planeta em Ar. Agora temos acesso a um pouco de objetividade e senso crítico a respeito dos potenciais do ciclo. Saturno é o ponto focal de uma Cruz Fixa com Sol e Lua e vem cobrar a realização das promessas da Lua Nova. Acreditamos? Fizemos? Realizamos? Confiamos? Levamos a sério a grande brincadeira de viver plenamente?

almagnus6

Saturno vem funcionar como o eixo convergente, como o mediador das energias Leoninas e Aquarianas do ciclo, como a nos lembrar que o melhor caminho ainda é o do meio, ou seja, o equilíbrio, a medida certa das coisas. Neste caso, o equilíbrio entre o indivíduo e a comunidade; entre perceber-se singular e especial, sem negar o mesmo ao outro.  A Lua Aquariana nos lembra ainda que a criatividade tem mais sentido quando é colocada a serviço do coletivo; que além de minhas ambições de reconhecimento pessoal, é preciso perceber o mundo ao redor e seus anseios de liberdade e igualdade; que, além de mim, outros também têm potenciais criativos a desenvolver e, por estar ligada a Saturno, o exercício dessa criatividade e da liberdade precisa ser levado a sério e desenvolvido com maestria.

A Lua Cheia em Aquário é regida aqui tanto por Saturno quanto por Urano, o que a torna crucial para a conciliação entre estes dois princípios opostos e o aspecto atual do ciclo particular entre eles dois, a relação desconfortável do quincunce.  Não é à toa que Aquário é um signo tão complexo, sendo regido por dois planetas tão díspares e inimigos eternos. Aquário, ao mesmo tempo em que corre em direção ao progresso e tece odes à liberdade, revela-se muitas vezes, de um convencionalismo e conservadorismo embaraçosos; pode mostrar-se de vanguarda e ser catalisador de mudanças na vida de outros, enquanto teme mudanças na própria vida terrivelmente. Um signo bastante contraditório, e isso tudo se deve à influência de Saturno e Urano.leo

Então, Lua e Sol estão em quadratura próxima a Saturno, mas também em harmonia a Urano, quer dizer, temos uma bela oportunidade de integrar os princípios simbolizados por estes dois planetas, tanto em nível individual (Leão), quanto na esfera coletiva (Aquário). Mas é preciso ter cuidado e fazer um esforço consciente nesta direção, pois uma quadratura sempre se fará sentir de forma mais evidente do que trígonos e sexteis, com os quais nos acomodamos esperando passivamente que se manifestem a nosso favor. Se não ficamos atentos, todo este potencial pode aparecer apenas como o dedo na cara reacionário de Saturno e podemos simplesmente nos acabrunhar feito boi debaixo do jugo pesado de seu “destino” de obrigações. Novamente, conforme fomos pressionados durante toda a semana que passou, é preciso um esforço consciente para conjugar nossas obrigações, nossa necessidade de estrutura e estabilidade, com os ideais e aspirações por liberdade, fraternidade e justiça. Unir o melhor da tradição, com as oportunidades de ir além dos limites, ousando a reinvenção e a quebra das barreiras e das convenções. Saturno-Urano também vêm nos lembrar que, sem esforço, os melhores potenciais de criatividade e liberdade não passarão disso: potenciais – diga-se de passagem, potenciais não realizados. Liberdade não vai nos cair no colo de graça, antes, é algo que precisamos conquistar ou construir, de forma deliberada.

Lua Cheia em Aquário 2014

 

Para finalizar, embora eu não tenha ainda estudado a fundo os Símbolos Sabianos, ouso trazer mais uma vez o símbolo desta Lua Cheia, que ocorre no grau 19, ou seja, 18°02’ de Aquário. O símbolo traz a seguinte imagem: “um fogo florestal extinto”. Considerando que na Lua Nova Marte e Júpiter estavam numa disputa acirrada, pondo fogo nos conflitos bélicos em Gaza e na Ucrânia, gostaria de pensar que a imagem deste grau da Lua cheia signifique o arrefecimento de tais guerras. Essa é a minha esperança!

 

almagnus16

%d blogueiros gostam disto: