Vênus em Câncer: parteira e mediadora.

Arnold_Böcklin-Venus-Anadyomene-venus rising from the sea-1872
Arnold Böcklin – Venus Anadyomene Venus   elevando-se do mar Reprodução

Assim como em Virgem, Câncer é outro posicionamento de Vênus pouco explorado e sujeito a clichês e frases feitas: boa cozinheira, grudada na mãe, sensível e cuidadora, sentimental, etc., etc. Mas será que é só isso? Confesso que tendo eu mesma Vênus em Câncer – e eu adoro minha Vênus! – essas definições sempre me frustraram. Não porque não sejam verdadeiras – olha, pode apostar que eu sou uma excelente cozinheira, algumas das minhas especialidades são famosas aqui pelas bandas de Cuiabá, quem provou que o diga – mas porque acho que são superficiais, só contam parte da história.

Câncer é sim, um signo romântico, sensível e compassivo, de natureza introspectiva e de sentimentos profundos. Vênus aqui busca vínculos duradouros, expressa afeto cuidando e nutrindo de formas diversas, fazendo o outro sentir que pertence, seja ao redor de uma mesa abundante, seja ao oferecer compreensão e colo num momento difícil ou mesmo através do riso compartilhado – sim, ela tem humor! E você já viu coisa que favoreça mais o criar laços do que o riso compartilhado? Rir junto das mesmas coisas definitivamente une as pessoas, às vezes mais do que compartilhar momentos tristes ou lágrimas (1).

erika craig
Erika Craig – Reprodução

Tímida, quando atraída por alguém, vai “comer pelas beiradas” e dificilmente usará a abordagem direta – a não ser que haja outros posicionamentos no mapa indicando o contrário – por receio de se machucar. Sim, pode ser um posicionamento defensivo e o receio de se entregar existe porque o indivíduo sabe que uma vez entregue, não tem volta: a entrega é profunda, por inteiro, corpo e alma – daí a necessidade de se preservar, porque da mesma maneira, se a entrega é tão profunda, as marcas serão indeléveis e caso a relação dê errado, será muito difícil se desvincular e superar a perda. Não existe estar “mais ou menos envolvido com alguém”, ou se envolve ou não – algo muito diferente da Vênus Geminiana. Vulnerável, vai fazer muito para esconder o que realmente sente para não se expor e só se revelará realmente se se sentir em águas seguras.

homem e mulher
Reprodução

Segurança emocional, vínculos duradouros, pertencimento, compaixão, intimidade profunda são certamente valores desta Vênus tão tenaz quanto sensível. Mas para além dos vínculos afetivos e dos sentimentos profundos, o que mais expressa e significa essa Vênus? Vênus em Câncer, diz Liz Greene (2), é uma parteira, uma mediadora que se conecta com os reinos oceânicos da imaginação e que busca trazer à luz e dar forma a essa riqueza oceânica de imensa e infinita criatividade. Ela tem uma conexão profunda com esses tesouros ancestrais e oceânicos e quer ser amada de maneiras várias que a ajudem a manter essa conexão, a trazer toda essa fecundidade à luz, que a ajudem a ser essa parteira que dá vida a esses elementos incorpóreos, a mediar os reinos invisíveis para o reino do visível. Dar forma à incomensurável criatividade e imaginação. Esse é o seu valor mais profundo: a fecundidade da natureza e da vida, por isso seu instinto de proteção é tão aguçado.

Robert Hagan, Australia
Robert Hagan, artista australiano – Reprodução

Câncer é regido pela Lua e Lua e Vênus têm muitas afinidades: as duas querem vinculação, as duas são gregárias, portanto, não é à toa que a Lua está exaltada em Touro. A Lua é o luminar que representa tanto os sentimentos quanto o corpo, e em Câncer, Vênus conecta-se de forma visceral, tanto a partir do sentimento quanto a partir do contato físico, do corpo – daí sua sensualidade também enorme, embora não tão explícita quando em Touro – porque o corpo é o templo do sentir e através do qual, sendo ela parteira, tantos “filhos” e criações são paridos, sejam filhos de carne e osso, sejam eles poemas derramados, canções enlevadas ou telas carregadas de sentimentos, não importa, o importante é que serão conteúdos que tocam o cerne da alma das pessoas de uma forma difícil de definir – como indefinível e misteriosa pode ser também essa Vênus.

Reprodução
Reprodução

Câncer é o signo também da memória e aqui Vênus guarda lembranças preciosas de todas as relações. Gosta de guardar objetos de valor sentimental e às vezes pode ser difícil se desfazer deles, assim como pode ser difícil esquecer os amores. Há grande dificuldade de se desapegar dessas recordações palpáveis, como cartas, presentes, bilhetes, uma flor, um artefato qualquer que lembre aquele encontro ou aquele dia especial… E como tal, vai ter dificuldade de dizer adeus, apegada a todas essas lembranças. Às vezes, Vênus em Câncer luta para esquecer um amor que não deu certo, uma relação desfeita, mas sabota a si mesma porque apega-se ao próprio sofrimento, porque paradoxalmente sente que depois de tudo terminado, o sofrimento que restou é a única coisa que a liga ao bem amado, agora fora do seu alcance… Até que ela perceba que se apega ao sofrimento como forma de manter viva a memória do amor perdido, chorará rios de lágrimas, delongando, desnecessariamente, sua dor. É, definitivamente desapego não é o seu forte (2).

Reprodução
Reprodução

Dependência emocional pode ser um problema, mas apenas se o indivíduo não descobriu e solidificou um senso de valor e auto-estima próprios; se a parteira não está de fato trazendo `à luz vida nova, se não é a medium, o canal que contribui de uma forma toda sua com a beleza no mundo. É necessário manifestar o potencial criativo, sentir-se fecunda e doadora de vida, sentir que tem valor em si mesma, independente do outro estar ou não na sua vida. Porque dependência emocional e apego estão diretamente relacionados com falta de autoconfiança e de auto-estima sólida e saudável. A dependência também é equilibrada caso haja Fogo e Ar suficientes no mapa ou um Saturno ou Urano fortes para contrabalançar uma possível necessidade excessiva de vinculação, se for o caso – para traçar um retrato completo de Vênus, ou de qualquer outro planeta, sempre é preciso levar em conta signo, casa e os aspectos. Vênus em Câncer ligada a Urano dá uma coloração bem diferente, assim como aspectos a Plutão ou a Saturno, e assim sucessivamente.

Christian Schloe voyage
Christian Schloe – Voyagem – Reprodução

Em termos práticos, Vênus em Câncer costuma gastar dinheiro criando um lar aconchegante, agradável, um verdadeiro ninho, já que tem talento de sobra para tanto e se outros aspectos no mapa concordarem, pode até dispensar o decorador. Pode ser sim, ótima cozinheira e cuida dos outros nutrindo-os literal ou figurativamente, mas isso também vai ser expressão dessa conexão com a natureza profunda das coisas, um ato criativo que se disfarça de prosaico. Segurança financeira é importante, tanto quanto a emocional e dependendo do resto do mapa, também pode ser ótima poupadora, tendo um feeling admirável para saber a hora de investir e a hora de esperar.

Vênus trafegando por Câncer favorece especialmente aos Cancerianos de Sol, Lua ou Ascendente. É um período propício para dar uma repaginada no visual, para encontrar amigos e ganhar presentes; para embelezar o lar e fortalecer os laços amorosos.

E você, que tem Vênus em Câncer, se reconheceu nesta descrição? Deixe aqui seus comentários!  E viva essa Vênus romântica, mas também extremamente rica, possuidora de grandes tesouros escondidos, inescrutáveis e inefáveis!

journeytothegoddess
Reprodução de Journeytothegoddess

Fontes:

(1) Sue Tompkins – The Astrologers Handbook – Flare Publications

(2) Liz Greene – Venusian Mysteries – Seminário proferido no CPA, no Outono de 2009, Londres, UK

(3) Stephen Arroyo – Chart Interpretation – ACRCS Publications

31 opiniões sobre “Vênus em Câncer: parteira e mediadora.”

  1. Nossa, muito obrigada por este texto. Tenho vênus em câncer na casa 7 e sempre tiver horror a esta posição pelas definições somente tradicionais e conservadoras que tive a oportunidade de ler.
    Durante a leitura do seu texto fiz tantas reflexões sobre o peso desta posição na minha vida e do processo de amadurecimento que venho passando há um bom tempo nos relacionamentos. Não tenho duvidas que para canalizar positivamente está posição é preciso muito labor quanto a construção da sua própria identidade. Assim temos um reposicionamento: saímos do cuidado infantil, super protetor e dependente, para de fato construir-se num lugar de cuidado maduro, ainda compassivo, mas firme e seguro com outro.
    Penso que a figura simbólica da parteira que vc utilizou no aprofundamento desta posição foi também tão adequado para este momento: final de semana dos dias da mães, em termos sociais e políticos há uma discussão intensa sobre as novas configurações familiares e seus papeis, sobre o papel da maternar que não precisa ser somente de um gênero, da importância de se dispor a conhecer uma nova lógica de cuidado na saúde, enfim toda uma ampliação de conceitualização sobre cuidar. De fato uma ressiginificação.

    Obrigada.
    Taís Franciele

    1. Puxa, Taís, eu fico muito feliz com o seu feedback! Me deu muito no que pensar também. Escrevi esse texto muito às pressas e gostaria de tê-lo parofundado um pouco mais… Aliás, ainda preciso escrever sobre Vênus propriamente, independente do signo. Gratidão pelo seu coonetário profundo e que me levou a refletir também. Volte sempre! 🙂

  2. Nossa!!! pesquisei e realmente tenho venus em cancer, enquanto lia ia me vendo, sou romantica quero estabilidade, quero coisas simples uma casa, um amor que fique comigo, eu preciso me sentir fixa nas coisa. Quando quero sou criativa posso transformar coisas simples em algo lindo….. fiquei emocionada em me encontrar um pouco mais em mim mesma!!!
    Obrigada!!!

  3. Nossa eu tenho Venus câncer casa 12 … realmente tenho boa prática em cozinha desde dos 8 anos que aprendi a cozinhar …. como pode bater tão certo este poste … sou apegado a objetos e tb apegado as pessoas que gosto … os amigos viram parte da família… a parte de entregar ao amor e assim mesmo …. como gosto de coisas ligadas ao ocultismo, espiritualidade… rs ótimo poste boa passagem de Venus em câncer companheira …bjs

  4. Muito bom o texto. Esclarecedor e bem escrito. Tenho a lua, o ascendente e vênus em câncer, mas meu sol é em leão. Me sentia incompleta, porque muitas vezes eu não sabia direito porque agia de certa forma. Depois que fiz meu mapa astral passei a me conhecer melhor e tudo melhorou. Obrigada pelo texto!

  5. Durante um tempo, eu via as pessoas falando de Vênus em Câncer, como uma coisa ruim. E sinceramente eu tenho Vênus em Câncer e gosto muito, somos delicados, românticos e tantas outras coisas boas. E ainda mais que minh Vênus é na casa, ja pode imaginar que eu cuido mesmo de quem gosto. Lendo o texto aprendi mais um pouco, pois é citado para equilibrar a questão do apego, é preciso auto estima e eu como boa leonina e com lua em Áries e ascendente e Saturno em Aquário, não me vejo dependente emocionalmente.
    Tenho uma caixinha só de coisas pequenas que me lembram momentos bons. 😍

  6. Achei o texto da ora. Tou lendo sobre isso pq quero me conhecer mais.
    meu venus tá em cancer, mas o meu sol é em gemeos.
    O q isso significa? qual a diferença pra conquistar e ser conquistado no amor?

    brigado

    1. Bom, basicamente, enquanto pessoa, seus propósitos são de cunho mais racional. Você nasce para fazer conexões e para desenvolver as melhores qualidades Geminianas. Mas, de modo geral, é mais racional e desapegado, em termos afetivos tende a ser mais romântico, mais tradicional e busca uma parceira/o (não sei sua orientação sexual) com essas características: tradicional, nutridora, cuidadora – claro, estou desconsiderando os aspectos da sua Vênus, que podem contradizer um pouco tudo isso.
      Grata pelo feedback! 😀

  7. Adorei o post,
    Me identifiquei com muita coisa, sou boa na cozinha sim, sou maternal .
    Tenho algumas coisinhas diferentes porque meu signo solar é leão, então eu acho que tudo dê torna um pouco exagerado e dramático, mas mesmo assim não deixei de me reconhecer nas suas palavras .

  8. Eu sou taurina com lua em touro, Venus em câncer e Marte em libra. Vivo uma relação de amor e ódio com minha Venus por causa dessa carência e necessidade afetiva, mas, de fato a expressão artística me ajuda muito a balancear esses exageros sentimentais e eu não tinha percebido ainda.
    Um ponto muito importante que você tocou é a memória, nunca tinha relacionado à Vênus, porém, minha memória afetiva é incomparável. (Só afetiva mesmo)
    Isso de tornar a casa um ninho, é muito real. Esse aconchego e carinho que a casa tem que transmitir é tão necessário pra mim quanto respirar. Não só falando em termos de decoração mas também de harmonia entre as pessoas, eu costumo despertar e incentivar isso tbm. Ah, como eu sou taurina minha expressão de carinho é muito tátil e com a Venus em câncer então… Me disseram uma vez que meu carinho desperta sentimentos muito profundos. Mas, ao mesmo tempo, é muito difícil que eu expresse realmente meu carinho graças a insegurança e o medo de me magoar.
    Obrigada pelo seu texto, você realmente foge do superficial e, particularmente, me ajudou a enxergar muita coisa positiva que eu ignorava. Essas que eu citei são exemplos. Tô amando o blogue, abraços.

    1. Querida Ana, muito obrigada pela visita e pela companhia! fiquei muito feliz com seu comentário e feedback – é muito valioso!
      Gratidão pela partilha! eu também tenho Vênus em Câncer, já briguei muito com ela também, agora estamos em paz! boa sorte para você! <3 🙂

  9. Acompanho seu blog e sua página no Facebook já algum tempo e ainda não tinha me deparado com esse texto. Parece unanimidade, pelos comentários, ter uma certa aversão pela Vênus em Câncer quando não se conhece ela de fato. Nos últimos anos tenho passado questões que me levaram a entende-la melhor e aceita-la também. Como geminiana, sempre me achei desapegada e leve. Pouco aí pra sentimentalismos. Sempre cozinhei por amor, morando em república durante a faculdade eu era a mãezona que cuidava da casa e refeição. Como alguém disse aqui, tb tenho “memória afetiva” extraordinária. Simplesmente não entendia de onde vinham tais características, até que descobri minha Vênus e com ela estou tentando crescer e amadurecer meu emocional. Tem hora que dá uma confusão danada na cabeça e coração.. sol em gêmeos, lua em escorpião e venus em câncer, fico no limbo entre razao e emoção. Mas é assim mesmo.. astrologia foi a melhor ferramenta de auto conhecimento que encontrei e seus textos, Maria Eunice, me ajudam muito. Sem querer seR demagoga, mas sou sua fã e fico impressionada com seu conhecimento e humildade. Obrigada!

    P.S: Um pedido de seguidora.. rs. O que acha de fazer um especial sobre os planetas nos signos com um breve parágrafo introdutório sobre o planeta abordado? Gente, eu ia amar isso.

    1. Olá Carolina, tudo bem?

      Muito grata pela visita e por esse feedback tão importante! Sim, a Astrologia é maravilhosa e possibilita uma autocompreensão como poucas outras técnicas podem propiciar! Fico sempre feliz quando fico sabendo que os meus escritos ajudam de alguma forma 🙂

      Sobre esta série, é uma ótima ideia, eu só preciso organizar tempo para realizar isso (eu não tenho uma relação muito boa com o tempo hahaha).
      Mas está a anotada a sugestão. Não sei quando poderei fazer isso, mas está na lista!

      Grata, mais uma vez, pela visita! Volte sempre! 😀

  10. Nossa! Eu super me identifiquei com cada pedacinho. As vezes me perguntava porque eu era tão carente e mesmo assim não queria me apegar a ninguem. Agora eu entendo. Foi como olhar meu reflexo no espelho. Tambem sou muito apegada a lembranças (até hoje guardo o ingresso do cinema que peguei com o meu primeiro namoradinho), sou boa cozinheira e adooooro decoração. Pra minha felicidade bastaria um marido que me amasse, filhos e uma casa confortável. O SEU BLOG É MUITO BOM!! Voltarei sempre! Bjs.

Deixe uma resposta